Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

09/09/2014 - 12:25 - Atualizado em 11/09/2014 - 17:09
IPC apresenta maior estabilidade em Uberlândia
Variação de preços foi de 0,14% em agosto
por Autor: 
Ana Luiza Honma (Estagiária de Graduação)

Foi apresentado nesta terça-feira (9/9) o resultado do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) referente ao mês de agosto em Uberlândia. A pesquisa, que é mensalmente realizada pelo Centro de Pesquisa Econômico-Sociais (CEPES) do Instituto de Economia da UFU, apontou uma desaceleração nos preços na cidade (o índice foi 0,14%). Foram analisados os preços de 456 produtos e serviços diferentes. 

Os eletrodomésticos, como microondas e refrigeradores, tiveram um aumento de 0,92% e influenciaram o aumento da categoria artigos de residência. A classe dos vestuários também cresceu, tendo variado 0,50% no mês de agosto devido ao mercado. Ambos os grupos foram o de maior participação na composição geral do índice.

Entre os conjuntos com maior influência no IPC, a de alimentação e bebidas teve variação média de -0,002%, sendo praticamente nula (o que não significa que não houve movimentação de preços). O limão foi o grande destaque do grupo com o aumento de 8,81%.

A categoria habitação apresentou variação 0,13% acompanhando o preço dos artigos de limpeza, aluguéis, reparos domésticos, energia elétrica e gás. A dos transportes apresentou variação de 0,052% devido a gasolina e o álcool que se anularam nas variações.

A cesta básica teve queda pelo terceiro mês consecutivo devido a diminuição nos índices do tomate (-6,28%), batata (-11,7%) e da banana (-7,54%). A carne, o pão e o feijão, juntamente aos alimentos já citados, são os itens mais caros da cesta básica. É necessário R$299,92 para a compra da cesta.

O salário mínimo necessário teve sua terceira queda consecutiva (-1,81) e agora é de R$2.951,61.

Segundo Álvaro Fonseca, economista do CEPES, a falta de flutuações significativas dos produtos é um reflexo da desaceleração da economia e que a tendência de movimentação de preço (positiva ou negativa) é baixa. Abaixo o link com o Boletim completo.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal