Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

29/04/2016 - 16:54 - Atualizado em 03/05/2016 - 20:18
UFU dá início ao Projeto ZikaZero
Ações buscam combater o Aedes aegypti
por Autor: 
Marco Cavalcanti
Por: 
Por Érika Abreu (Estagiária da Diretoria de Sustentabilidade)

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) promoveu no dia 8 de abril um evento de capacitação para dar início ao Projeto ZikaZero UFU. A proposta principal do projeto é promover ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e mobilizar a comunidade acadêmica para o controle nos campi Santa Mônica, Umuarama e no entorno desses bairros. Participaram do evento alunos do curso de Gestão em Saúde Ambiental e da Escola Técnica de Saúde, que atuarão diretamente no combate ao mosquito como equipes de agentes voluntários.

Os grupos de discentes orientados por professores farão vistorias semanais nos espaços físicos da UFU para identificar focos do mosquito ou áreas de potenciais focos em razão de inadequações existentes. Segundo Boscolli Barbosa, professor do curso de Gestão em Saúde Ambiental e coordenador do projeto, existe ainda outro viés importante a ser trabalhado. “Outra faceta do projeto é envolver a comunidade acadêmica como um todo. Por isso, os locais serão mapeados e haverá a possibilidade de denunciar possíveis focos através de um formulário online, solicitando ou não a presença da equipe para eliminação” conta o professor.

A capacitação contou com membros do Centro de Controle de Zoonoses, da Escola Técnica de Saúde e de cursos como Medicina e Gestão em Saúde Ambiental, que foram responsáveis pelo processo de treinamento e conscientização das equipes. Nela, os agentes voluntários foram treinados para reconhecer, eliminar ou coletar as larvas encontradas e encaminhá-las para o Centro de Controle de Zoonoses do município, o que irá auxiliar também no mapeamento de focos da região.

De acordo com a pró-reitora de extensão Dalva Maria de Oliveira, a atividade é extremamente importante para a Universidade, na medida em que ela se envolve com os problemas que afetam a comunidade como um todo. “Quanto mais pessoas integrarem as equipes, mais poderemos ampliar as ações e, consequentemente obter melhores resultados.” afirma Dalva. A ação está cadastrada do Sistema de Registro e Informação da Extensão (SIEX) e haverá emissão de certificados para todos os envolvidos.

Para denunciar focos de mosquito encontrados, basta preencher as informações do seguinte formulário: http://www.comunica.ufu.br/2016/04/denuncia-de-focos-de-aedes-aegypti

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2018. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal