Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

11/08/2017 - 13:24 - Atualizado em 14/08/2017 - 14:36
Empresa incubada pelo Ciaem oferece gestão inteligente do agronegócio
Startup Agrosolutions entra em fase de mercado
por Autor: 
Fabiano Goulart

Eduardo Rezende é diretor da Agrosolutions (foto:Fabiano Goulart)

 

Ajudar os produtores rurais a aumentar a eficiência e a lucratividade de seus empreendimentos. Essa é a missão da Agrosolutions, empresa de base tecnológica, incubada pelo Centro de Incubação de Atividades Empreendedoras (Ciaem), da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), que opera no mercado nacional de gestão de fazendas e empresas agroindustriais.

“A Agrosolutions é uma startup de tecnologia da informação focada no produtor rural. Trabalhamos para prover sistemas de informação de qualidade para esse nicho de mercado, tão carente de tecnologias modernas e eficazes”, explica o diretor da empresa, Eduardo Rezende. “Nosso principal produto é uma solução em gestão e controle de custos de produção completa para o agronegócio brasileiro. Nosso sistema (ERP/SaaS) atende aos principais players do primeiro setor como as fazendas agrícolas, pecuárias e agroindústrias em geral”, complementa.

Além do acompanhamento on line – em tempo real – das atividades e operações realizadas na fazenda ou na agroindústria, o sistema permite o planejamento completo das atividades produtivas, informações para uso racional e gestão de insumos, máquinas e implementos, dentre outras funcionalidades que ajudam o produtor na tomada de decisão.

“O produtor não precisa se preocupar com a área tecnológica ou contratar consultoria para auxiliá-lo nessa área. O produtor acessa o sistema com seu login e senha e cadastra suas atividades agrícolas sem a necessidade de conhecimento avançado em informática”, explica Rezende.

 

O início

Filho de produtores rurais e formado em Ciência da Computação, Rezende iniciou sua carreira em grandes empresas do setor financeiro em São Paulo, onde conheceu os desafios de se controlar sistemas legados (grandes sistemas descentralizados que não se intercomunicam) e criou projetos de mapeamento de processos para tornar síncrono o uso desses sistemas.

“A ideia é que a informação seja analisada de forma centralizada, o que hoje conhecemos como computação em nuvem. A partir dessa experiência, em 2010, fiz uma análise de mercado e criei um plano de negócio. Nesse processo eu percebi que não havia um sistema gerencial que fosse on line e fácil de usar, destinado ao pequeno e médio produtor rural. Havia soluções off line, de alto custo de manutenção e direcionadas para empresas da agroindústria”, relata. As experiências do empreendedor resultaram na criação da empresa que surgiu com a missão de oferecer soluções para planejamento e gestão de propriedades rurais por meio de um sistema integrado e amigável – fácil de usar.

Criado o plano de negócios, o próximo passo seria encontrar apoio e investimentos para o projeto. Inicialmente, com a ajuda de um investidor particular, foram desenvolvidos os primeiros módulos do sistema de gerenciamento e durante os anos de 2012 e 2013 foi concebido o Mínimo Produto Viável (MVP) do que viria a ser a Agrosolutions, “mas ainda não tínhamos clientes”, relembra Rezende.

“Por indicação de um amigo, vi o edital [do Ciaem/UFU] e alguns fatores me chamaram a atenção, como a possibilidade de assessoria jurídica e de imprensa e a consultoria que temos com professores de estratégia. Dependendo da sua área, o Ciaem designa um consultor para o seu projeto. São realizadas reuniões semanais que ajudam a traçar novas estratégias”, comenta.

           

O Ciaem

Inaugurado em 2004, em parceria com a Prefeitura Municipal de Uberlândia, o Ciaem é uma incubadora de empresas de base tecnológica, vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP) da UFU, por intermédio da Diretoria de Inovação e Transferência de Tecnologia (DIRTC), com o apoio do Núcleo de Inovação Tecnológica (Agência Intelecto) da universidade.

A missão do Ciaem é incentivar a criação e o desenvolvimento de novos negócios de base tecnológica e promover a difusão da cultura empreendedora, especificamente, por intermédio da assessoria na elaboração e no desenvolvimento do plano de negócio das empresas para que elas se tornem competitivas no mercado.

Manuela Botrel é coordenadora de gestão do Ciaem (Foto: Fabiano Goulart)

 

Para ajudar as empresas incubadas a entrarem na fase de mercado – ou na expansão de seus negócios –, o Ciaem oferece assessoria técnica e empresarial nas áreas financeira, jurídica, de marketing e comunicação, acesso a infraestrutura e serviços, dentre outras formas de apoio.

“O processo tem duas modalidades: pré-incubação e incubação ou incubação residente. A pré-incubação é para o caso de empreendedores que têm uma ideia, não têm empresa constituída. Ele terá apoio para organizar e desenvolver o projeto. Ao final esse empreendedor terá um plano de negócios. Esse processo pode levar de seis a 12 meses. A incubação residente é para empreendedores que já tem uma empresa formalizada e está em fase de operação e este período leva de 24 a 36 meses, até que a empresa consolide seu produto no mercado”, explica a coordenadora de gestão do Ciaem, Manuela Oliveira Botrel.

Uma vez por ano, normalmente no início do primeiro semestre, o Ciaem lança um edital de seleção para entrada de novas empresas incubadas que podem ser da UFU ou da comunidade externa à universidade. “O critério básico para a entrada é que a empresa seja de base tecnológica e tenha um produto inovador, de alto valor agregado”, complementa Botrel.

A gestora relata que, atualmente, duas empresas estão incubadas e dois projetos pré-incubados. Com a finalização do Edital 2017, a partir de 21 de agosto, serão sete projetos em andamento: quatro empresas incubadas e três projetos pré-incubados.

"Como gestora, junto ao Ciaem, é muito gratificante ver a evolução, tanto do empreendimento, quanto do empreendedor, pois focamos nos negócios e nas pessoas. No caso da Agrosolutions foi uma grande evolução. Quando a empresa entrou no Ciaem existia o produto, mas ainda não estava no mercado e hoje já atende mais de 30 fazendas. É uma grande satisfação termos contribuído com o foco e com o amadurecimento da Agrosolutions e do empreendedor Eduardo Rezende, porque para empreender com empresas de base tecnológica os desafios são muito grandes”, finaliza Botrel.

 

Serviço

Agrosolutions – Software de Solução para Agronegócio

Responsável: Eduardo Rezende | contato@agrosolutions.agr.br

Telefone: (34) 2589-7226 | (21) 8080-6226

www.agrosolutions.agr.br

facebook.com/AgroSolutionsTI

 

Ciaem – Incubadora de empresas de base tecnológica da UFU

Av. João Naves de Avila, 2121, Bloco 5L, Campus Santa Mônica

Telefone: (34) 3239-4518 | CEP.: 38.400-902 - Uberlândia/MG

www.ciaem.ufu.br

facebook.com/CIAEMIncubadoraUFU

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2017. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal