Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

29/09/2017 - 11:09 - Atualizado em 03/10/2017 - 09:44
Instalação de câmeras de segurança nos campi começa na segunda
Em entrevista coletiva, prefeito universitário detalhou processo de implantação do circuito
por Autor: 
Diélen Borges

Prefeito João Damasceno e diretor Flávio Freitas receberam a imprensa nesta sexta-feira (Foto: Milton Santos)

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) iniciará a instalação do circuito fechado de televisão (CFTV) com câmeras de segurança na próxima segunda-feira (2/10). O anúncio foi feito pelo prefeito universitário João Jorge Ribeiro Damasceno, em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (29/9).

Serão 200 câmeras, instaladas em seis campi da UFU: 90 no Santa Mônica, 45 no Umuarama, 20 na Educação Física, 19 no Glória, quatro no Complexo Esportivo do Glória, 11 no Pontal e 11 em Monte Carmelo. O circuito não contempla o Campus Patos de Minas, onde as atividades da UFU acontecem em prédios alugados.

A previsão é de que o processo de instalação do circuito seja concluído em janeiro do próximo ano. Desde o dia 28/8, quando foi assinado o contrato com a empresa vencedora do processo de licitação, teve início o mapeamento dos campi para definir os pontos de instalação do circuito.

As câmeras têm capacidade para reconhecimento facial e de placas de veículos. O monitoramento será feito de forma ininterrupta em oito telões. Para manter o CFTV serão empregados R$ 165 mil por mês, repassados pelo Ministério da Educação à universidade como recursos de custeio. Ao final do contrato com a empresa terceirizada, em 2022, os equipamentos passarão a pertencer à UFU.

“A questão da segurança é muito cara [importante] para nós”, disse Damasceno. O prefeito falou ainda sobre outras medidas que vêm sendo adotadas pela universidade, como o recebimento de denúncias via Whatsapp, iniciado em junho, e o policiamento ostensivo, que começou em março. Desde então, foram presos nove traficantes de drogas dentro do Campus Santa Mônica.

O diretor de Logística da UFU, Flávio Martins de Freitas, também participou da coletiva e anunciou o aumento do número de vigilantes patrimoniais: de nove para 14 profissionais, que é o limite máximo permitido pelo contrato com a empresa terceirizada responsável pelo serviço de vigilância.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal