Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

12/12/2017 - 15:57 - Atualizado em 14/12/2017 - 21:50
Avaliação da pós-graduação em debate na UFU
Diretora de Avaliação da Capes, Rita Barata, apresentou experiências e perspectivas para a ciência brasileira
por Autor: 
Cristiano Alvarenga

 

“O debate traz transparência.” A frase do pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Federal de Uberlândia (Propp/UFU), Carlos Henrique de Carvalho, representa o que foi o Seminário “Desafios sobre a Avaliação da Pós-graduação brasileira: balanços preliminares”.

A atividade realizada nesta segunda (11/12), com a participação da diretora de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Rita de Cássia Barradas Barata, propiciou troca de informações sobre a avaliação quadrienal e apresentação de perspectivas para a pós-graduação brasileira.

A troca de experiências também foi destaque,  com a apresentação das estratégias adotadas pela Universidade Federal do Pará (UFPA) para alcançar melhora significativa nos índices de avaliação dos programas de pós-graduação. Já os pesquisadores da UFU José Carlos Soares (Odontologia) e José Roberto Mineo (Ciências Biológicas III) falaram sobre a atuação como coordenadores de área da Capes.

Avaliação, formação e capacitação profissional

O desafio em realizar uma avaliação que contemple a diversidade das 49 áreas consideradas pela Capes e, ao mesmo tempo,  represente a realidade qualitativa da pós-graduação brasileira foram ressaltados.

Rita Barata reconhece que o formato de avaliação atual necessita de ajustes, com menos regras e mais avaliação. No entanto, ela pondera que o tamanho do Sistema Nacional da Pós-Graduação (SNPG) dificulta a realização de uma avaliação mais próxima, qualitativa. “Não podemos abrir mão da avaliação quantitativa”, afirma.

Para a diretora de Avaliação, o caminho para melhorar os índices de qualidade da pós-graduação está relacionado à qualificação dos novos pesquisadores. “É hora de colocar enfoque na formação. Formar alguém que vai fazer a diferença”.

Outro aspecto destacado por Rita Barata refere-se à formação de profissionais para o mercado de trabalho. Ela aponta que há uma questão cultural em que “valorizamos a erudição e não o trabalho” que deve ser rompida na pós-graduação. “A formação profissional é tão importante quanto formar grandes pesquisadores”, analisa.

Perspectivas da pós-graduação na UFU

O próximo ano deve ser de realizações para os programas de pós-graduação da UFU. A diretriz foi dada pelo pró-reitor Carlos Henrique de Carvalho. “Preparamos o terreno este ano para as ações serem realizadas em 2018”.

Entre as atividades previstas está o apoio para os programas de pós-graduação oferecerem disciplinas na língua inglesa e o envio de pesquisadores da UFU em missões internacionais. Os critérios de seleção para a participação nestas atividades estarão descritos em editais específicos.

Em um cenário de falta de recursos para investimento, o pró-reitor ressaltou que a manutenção da infraestrutura, em especial os laboratórios de pesquisa, é tratada como prioridade.

Caminhos para a excelência na pós-graduação

O caminho é o planejamento. Com esse direcionamento, a UFPA conseguiu aprimorar a qualidade dos programas de pós-graduação e, consequentemente, obter melhores resultados na avaliação da Capes. Para a diretora de Pós-graduação da UFPA, Iracilda Sampaio, a definição e o cumprimento de metas foram primordiais para o resultado. Segundo ela, a pós-graduação deve ser protagonista nas universidades.  “A Pós-graduação e a Pesquisa de alto nível são as vitrines da instituição”.

O coordenador da área de odontologia da Capes e professor da UFU, Carlos José Soares, resume em três palavras o roteiro para a excelência: “planejamento, metas e desafios”. Para José Roberto Mineo, coordenador da área de Ciências Biológicas III, a inquietude é uma virtude que deve permear os pesquisadores. “É necessário sair da zona de conforto.”

Resultados da Avaliação Quadrienal

O resultado final da Avaliação Quadrienal da Capes (2013-2016), com a análise dos pedidos de reconsideração,  será divulgado no dia 20 de dezembro no portal da Capes. Os resultados preliminares foram publicados no dia 20 de setembro. Os dados podem ser consultados no gráfico interativo. Além dos dados referenes à UFU é possível consultar as notas de outras instituições e realizar a pesquisa por área.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2018. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal