Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

16/01/2018 - 12:49 - Atualizado em 17/01/2018 - 16:41
Prefeitura Universitária implanta programa A3P na UFU
Projeto governamental estimula a preservação do meio ambiente na UFU
por Autor: 
Giovanna Tedeschi

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) aderiu, desde o fim do ano passado, à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a A3P "é um programa que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade”. Ou seja, a ideia é gerar eficiência na atividade pública ao mesmo tempo em que se promove a preservação do planeta.

Segundo o diretor de Sustentabilidade Ambiental da UFU, Nelson Barbosa Júnior, a adesão ao programa é importante porque permite um compartilhamento de experiências entre as instituições participantes. Além disso, ele afirma que o engajamento gera uma vontade de ir ao encontro da agenda ambiental governamental

“A Agenda trabalha com seis eixos temáticos que contêm indicadores e metas. Além disso, há uma plataforma onde é possível inserir nossos dados e buscar experimentos de outras instituições públicas ou privadas, para talvez replicá-los aqui na UFU”, explica Barbosa Júnior.

Nelson Barbosa Júnior é o diretor da Dirsu. (Foto: Milton Santos)

Segundo o MMA, os seis eixos temáticos que fundamentam a Agenda são o uso racional dos recursos naturais e bens públicos, a gestão adequada dos resíduos gerados, a qualidade de vida no ambiente de trabalho, a sensibilização e a capacitação dos servidores, as compras públicas sustentáveis e as construções sustentáveis.

Barbosa Júnior afirma que, apesar da adesão da UFU à A3P ter ocorrido apenas no final do ano passado, isso não significa que ações nesses eixos já não ocorriam. “O que a universidade vai começar a fazer é mapear todas essas ações e registrar, para prestar contas para o Ministério do Meio Ambiente. Além disso, vamos identificar onde ainda precisamos equiparar nossas ações às das outras instituições. Muito do que é exigido pela Agenda nossa instituição já faz, mas ela é uma oportunidade de crescimento”, esclarece. Segundo o diretor, a universidade já realiza atividades como gestão de resíduos, coleta seletiva solidária e logística reversa (manejo de resíduos pelos próprios fabricantes do produtos).

De acordo com o coordenador de planejamento socioambiental na diretoria de Sustentabilidade, Eunir Gonzaga, uma das ações mais importantes do setor foi a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que diminuiu o uso de papel, toners para impressoras e manutenção de equipamentos. “Hoje você tem o trâmite eletrônico de documentos, que além de tornar o sistema mais ágil e mais transparente, reduz o consumo de material”, completa Barbosa Júnior. O diretor ainda explica que os toners já utilizados são devolvidos para os fabricantes, para um descarte adequado.

 

A diretoria

Criada em 2012, a Diretoria de Sustentabilidade (Dirsu), vinculada à Prefeitura Universitária (Prefe/UFU), tem como focos minimizar o impacto das atividades da UFU na natureza e realizar o uso racional de recursos. “Tratar os resíduos, propor educação ambiental, contribuir para a coleta seletiva solidária, comprar itens que têm etiquetagem energética adequada são formas de a universidade ser sustentável”, diz Barbosa Júnior.

O diretor afirma que é necessário utilizar os recursos da melhor maneira possível, principalmente neste momento de crise orçamentária. Dessa maneira, há como utilizar o que foi economizado em outras ações que precisam de investimento.

Para ter mais informações sobre a Dirsu, é só acessar sua página no Facebook.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal