Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

14/03/2019 - 15:43 - Atualizado em 14/03/2019 - 15:48
UFU abre Grupo de Estudos em Comunicação Pública da Ciência
O objetivo é propiciar um espaço de formação e debate sobre o tema
por Autor: 
Diélen Borges

 

Servidores e estagiários têm se reunido para compartilhar a leitura de materiais sobre divulgação científica (Foto: Diélen Borges)

 

A Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU), por meio da sua Divisão de Divulgação Científica, dá início ao Grupo de Estudos em Comunicação Pública da Ciência, com vagas abertas para integrantes das comunidades interna e externa à UFU.

O objetivo do grupo é propiciar um espaço de formação e debate em torno de temas relacionados à comunicação pública da ciência, especialmente sobre os conhecimentos produzidos nas universidades e as formas de proporcionar trocas de saberes entre a comunidade acadêmica e a sociedade.

Servidores e estagiários vinculados à Comunicação da UFU têm se reunido desde o ano passado para compartilhar a leitura de materiais sobre divulgação científica. A partir do primeiro semestre letivo de 2019, o grupo estará registrado como ação de extensão. Com isso, abrem-se vagas para outros interessados no tema, vinculados ou não à universidade. Haverá a emissão de certificado de participação.

Os interessados em participar do Grupo de Estudos em Comunicação Pública da Ciência devem enviar e-mail para comunicaciencia@ufu.br, até 25 de março, informando nome, telefone e se há vínculo ou não com a UFU (se sim, qual o vínculo).

 

Comunicação pública da ciência

A comunicação pública parte do princípio de que as instituições públicas devem ser abertas e interagir com o cidadão por meio de um trabalho conjunto com os meios de comunicação. Autores como Margarida Kunsch, da Universidade de São Paulo (USP), e Jorge Duarte, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), afirmam que o verdadeiro sentido da comunicação pública deve ser o interesse público e, para isso, são necessárias pesquisas, planejamento e políticas.

Outra pesquisadora da área, Graça Caldas, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), afirma que "é preciso recuperar a utopia da comunicação pública em realidade para uma ação transformadora e coletiva", o que seria uma tarefa de cooperação entre formadores de opinião: educadores, cientistas e jornalistas. Sobre a comunicação pública da ciência, Caldas indica a necessidade de “garantir a polifonia das vozes" e defender uma construção coletiva do conhecimento no processo de divulgação científica.

As obras desses e de outros autores estarão em debate durante os encontros do Grupo de Estudos em Comunicação Pública da Ciência da UFU. Mais informações serão enviadas aos interessados que fizerem contato por e-mail.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal