Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

18/10/2019 - 19:45 - Atualizado em 30/10/2019 - 14:18
Congresso na UFU aproxima público da Paleontologia
"O Legado do Tempo e as Lições dos Fósseis" é o tema do evento que também terá programação aberta e para o público infanto-juvenil
por Autor: 
Marco Cavalcanti

 

De 21 a 25 de outubro pesquisadores, estudantes e admiradores da Paleontologia de diversos estados brasileiro e do exterior estarão na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) para participar do XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia.

A Paleontologia estuda os fósseis para ajudar a conhecer o ser humano, os demais seres vivos e o passado geológico do planeta Terra. Unindo a Geologia e a Biologia, esta ciência analisa os vestígios e restos de animais e plantas preservados em diversos materiais, principalmente em rochas. Neste ano o congresso comemora seus 60 anos.

Tendo como tema “O Legado do Tempo e as Lições dos Fósseis”, o principal evento nacional da área enfatiza a compreensão das extinções e as múltiplas interfaces da Paleontologia na conservação da biodiversidade. Ele terá uma extensa programação, com atividades antes e após o congresso. 

Do dia 19 a 21 serão oferecidos 17 minicursos. Neles serão aceitas inscrições avulsas, ou seja, não é necessária a inscrição no congresso. Acesse a lista clicando aqui. Também haverá duas exposições: Paleontológica (fósseis) e de Paleoarte, de 22 a 25 de outubro. Elas serão abertas à visitação (não só inscritos no congresso).

Nos dias 19, 20, 26 e 27 serão realizadas excursões científicas e culturais em municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, regiões de grande relevância para o estudo de fósseis. Os trabalhos de campo e as visitas técnicas serão em afloramentos geológicos e sítios paleontológicos nas cidades de Uberaba, Coromandel, Prata, Campina Verde, Gurinhatã, Sacramento e Araxá.

Na palestra de abertura, na noite do dia 21, o professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Frederico Faria, falará sobre “Georges Cuvier e a instauração da Paleontologia como Ciência”. Curvier (1769-1832) é considerado o pai da paleontologia. A atividade acontecerá na CDL Convenções e Eventos, em Uberlândia (Av. Belo Horizonte, 1.290 - bairro Osvaldo Resende).

Além da palestra de abertura, serão realizadas, no Campus Santa Mônica, outras 11 com pesquisadores de universidades brasileiras e do exterior. Clique aqui para acessar os temas e palestrantes.

Uma delas, intitulada "O Brasil dos dinossauros - Retratos do tempo profundo” é voltada para o público infanto-juvenil de todas as idades. Ela é aberta e ocorrerá no dia 23, às 17h30, no bloco 3Q do Campus Santa Mônica.

O congresso também abrigará quatro simpósios: Primeiro Simpósio Brasileiro de Tafonomia, Terceiro Simpósio sobre Evolução de Crocodyliformes, Simpósio de Paleontologia Antártica ​e o Simpósio de Paleoecologia Isotópica. 

Do dia 22 ao 24 serão feitas as apresentações de resumos de trabalhos em painéis e oralmente. Os melhores trabalhos apresentados receberão da Sociedade Brasileira de Paleontologia, a SBP, o Prêmio Josué Camargo Mendes. Um dos principais paleontólogos do país, Mendes (1919-1991), se empenhou no ensino da paleontologia no Brasil, publicando os primeiros livros didáticos na área.

A regulamentação da profissão e o código de conduta do paleontólogo são dois temas que fazem parte dos fóruns programados para o dia 25. As opiniões, críticas e sugestões dos grupos serão encaminhadas à diretoria da SBP. Os destaques desses momentos de discussão serão consolidados na Assembléia de Encerramento, no mesmo dia, às 16h30.

 

 

Espetáculo

A programação traz ainda duas apresentações, na CDL, de uma peça teatral dirigida a escolares e aos participantes do evento. Veja a sinopse: 

Concebido e produzido pela premiada Companhia Delas de Teatro, o espetáculo Cientistas Apresentando Mary Anning é a versão resumida, com 35 minutos de duração (versão pocket) da peça Mary e os Monstros Marinhos, a única peça infanto-juvenil brasileira que explora em conjunto as temáticas Paleontologia e Empoderamento Feminino, instigando o público escolar, e público em geral, a aproximarem-se e envolverem-se na valorização do registro fossilífero como patrimônio científico da humanidade, bem como no reconhecimento das dificuldades que as mulheres encontravam, e ainda encontram, na exploração e carreira científicas. Clique aqui para saber mais.

Sob coordenação da SBP, o congresso será realizado pela equipe do Laboratório de Paleontologia do Instituto de Biologia da UFU em parceria com o Laboratório Analítico em Paleontologia do Instituto de Ciências Exatas e Naturais do Pontal (UFU), com o Laboratório de Paleontologia Aplicada do Curso de Geologia do campus Monte Carmelo (UFU) e Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), das universidades federais do Triângulo Mineiro (UFTM), do Espírito Santo (UFES), do Estado de São Paulo (Unifesp), do ABC (UFABC), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (CENPES-Petrobras). Informações completas com horários e locais estão disponíveis no site do evento.

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal