Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

17/11/2020 - 10:54 - Atualizado em 17/11/2020 - 12:29
UFU tem projetos premiados em edital de Equidade Racial na Educação Básica
Iniciativas foram propostas pela Eseba e pelo Instituto de Ciências Exatas e Naturais do Pontal
por Autor: 
Amanda Marques

Duas pesquisas aplicadas da UFU foram premiadas pelo edital e serão desenvolvidas em Uberlândia e em Ituiutaba. (Imagem: Divulgação)

 

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) tem dois projetos aprovados pelo edital de Equidade Racial na Educação Básica, do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT). Um deles é o projeto "CONSTRUINDO UMA ESCOLA ANTIRRACISTA: INGRESSO E PERMANÊNCIA DE COTISTAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA", da Escola de Educação Básica (Eseba/UFU), que conta com a coordenação da professora Neli Edite dos Santos e com a parceria do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (Neab/UFU).

Também foi premiada a pesquisa aplicada "Etnomatemática, Modelagem Matemática e Formação de Professores: Possibilidades de Implementação da Lei 10639/2003 no ensino de Matemática", proposta pelo Instituto de Ciências Exatas e Naturais do Pontal (Icenp/UFU). O projeto é coordenado pela diretora da Diretoria de Estudos e Pesquisas Afro-raciais (Diepafro), Cristiane Coppe. O projeto contará com a participação de professores de Matemática de duas escolas parceiras, em Ituiutaba.

Coppe explica que a execução acontecerá em duas fases. A primeira fase consiste em um curso, de 18 encontros quinzenais, no qual serão discutidos aspectos inerentes ao ensino de Matemática para as relações étnico-raciais, Etnomatemática, Modelagem Matemática e a articulação dessas tendências. Neste momento, os professores participantes terão um espaço para demonstrar como percebem a questão racial na escola e a utilização da Etnomatemática e da modelagem durante todo o processo formativo.

Já na segunda fase será feito o acompanhamento dos professores em sala de aula, durante nove meses. Neste momento, os estudantes das escolas participantes devem desenvolver atividades a partir da construção e estudo de modelos matemáticos presentes na cultura africana e afro-brasileira, tais como: tecidos Adinkra, sonas angolanos, jogos mancala e alinhados, saberes e fazeres do quilombo Família Teodoro, espacialidade e geometria na manifestação cultural do Congado, a etnomatemática na capoeira angola, dentre outros.

“A ideia fundamental dessa segunda fase do projeto é a criação de um grupo no interior das escolas, em que os participantes estejam interessados em discutir o ensino por meio da Etnomatemática, Etnomodelagem e Modelagem Matemática”, explica Coppe.

 

Edital

O Edital Equidade Racial na Educação Básica: pesquisa aplicada e artigos científicos é uma iniciativa do Itaú Social, com apoio do Instituto Unibanco, Fundação Tide Setúbal e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), realizado pelo Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (Ceert).

Os projetos contemplados pelo edital serão financiados com o valor de R$ 150.000,00, distribuídos ao longo de 18 meses, a partir de outubro de 2020. Além desse valor, a coordenação geral do projeto receberá uma bolsa mensal de R$ 3.000,00.

Acesse o edital completo AQUI.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2020. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal