Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

18/11/2015 - 10:35 - Atualizado em 19/11/2015 - 11:21
Tutores do PET discutem assistência psicológica e pedagógica aos alunos
Atividade acontece na próxima quarta-feira (25)

A psicóloga Leiliane Bernardes Gebrim é uma das palestrantes do evento

O Programa de Educação Tutorial (PET) da UFU realiza o IV Encontro de Tutores do PET. Será nesta quarta-feira, 25/11, a partir das 14h, no bloco 1Y, da Faculdade de Engenharia Civil (Feciv).

O tema da atividade é “Assistência Psicológica e Pegagógica aos Alunos da UFU: Como o PET pode ajudar?” e conta com as psicólogas Leiliane Bernardes Gebrim e Daniela Aparecida de Sousa Moreira Ramos, do Setor de Atendimento Psicológico (Seaps) e também com o pedagogo Aluísio Alves, do Serviço de Ações Pedagógicas (Saped), ambos da Divisão de Assistência ao Estudante (Diase).

Natália Luiza da Silva, gerente da Divisão de Formação Discente (Difdi), afirma a necessidade de discutir casos de depressão e dificuldades de entrosamento, tanto entre os alunos de maneira geral como nos grupos PET. O tema surgiu da dificuldade de tutores  lidarem com a questão.

De acordo com Leiliane Bernardes, será um diálogo com os tutores sobre a saúde emocional dos estudantes.  "A ideia é apresentar o trabalho do setor em uma mesa redonda e responder aos questionamentos, abrindo espaço para discussões da atuação dos grupos PET, junto ao atendimento psicológico para realizar atividades educativas e de prevenção", explica.

A atividade é aberta para toda a comunidade acadêmica, com ênfase para coordenadores de curso, já que existe dificuldade para lidar com essas questões no acompanhamento dos estudantes. Não é necessária inscrição prévia.

Atendimento Psicológico

A Diase conta com uma equipe de psicólogas para fazer o atendimento e acompanhamento dos estudantes. Atualmente, o acolhimento acontece em quatro sessões que pode ser entendido caso aja necessidade, segundo a avaliação do profissional. A psicóloga Mariana Oliveira Rebello, gerente do Seaps, afirma que  a fila de espera é de um  a dois meses; a variação na quantidade de pessoas que aguardam é constante.

Os encaminhamentos para atendimento podem ser feitos por professores, coordenadores e técnicos que constatem a necessidade, mas o primordial é o interesse do aluno em ter o acolhimento psicológico.

Toda quarta-feira, o setor fica disponível para atendimento espontâneo de alunos que querem ter orientação com a psicologia. Mariana ressalta que são feitos três atendimentos pela manhã e três, no turno da tarde. O estudante só precisa ir a Diase, que fica no bloco 3E, e manifestar o interesse no balcão de atendimento.

Para mais informações, entre em contato com a Diase pelo telefone (34) 3230-9556.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal