Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

19/04/2016 - 11:08 - Atualizado em 26/04/2016 - 10:08
Democracia e memória política são temas de novo livro da Edufu
Organizada pelo professor Alexandre Garrido, obra “Democracia e Justiça de Transição” já está disponível no site da editora
Por: 
Giovana Oliveira (Estagiária de Graduação)

A Editora da Universidade Federal de Uberlândia (Edufu) lançou, recentemente, o livro “Democracia e Justiça de Transição”, organizado pelo professor Alexandre Garrido.

Resultado do projeto de pesquisa e extensão “Democracia e justiça de transição: educação para os Direitos Humanos”, a obra reúne documentos e relatos da 22ª Caravana da Anistia, realizada na UFU em parceria com a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, em maio de 2009, além de artigos relacionados ao assunto.

Segundo Garrido, "a importância e atualidade do livro residem, em primeiro lugar, no resgate da memória daqueles que, no Triângulo Mineiro, resistiram às violências praticadas pela ditadura civil-militar de 1964”.

"Há, também, a publicação de artigos acadêmicos e palestras sobre a temática da justiça de transição, em suas múltiplas dimensões, bem como a transcrição de discursos, homenagens a personalidades e depoimentos de anistiados políticos durante a 22ª Caravana da Anistia realizada na Universidade Federal de Uberlândia em 2009. Por fim, cabe ressaltar a publicação da petição de Amicus Curiae elaborada coletivamente por pesquisadores vinculados ao grupo ‘Democracia e Transição Política’ e apresentada à Corte Interamericana de Direitos Humanos no caso da ‘guerrilha do Araguaia’, que ilustra a dimensão de inserção social da comunidade acadêmica na defesa e promoção dos direitos humanos e valores democráticos", afirma.

Juntamente ao livro, há em anexo um DVD com imagens, discursos e depoimentos de anistiados políticos e membros da Comissão de Anistia, entre outros. “Democracia e justiça de transição” está disponível no site da Edufu.

"Em tempos sombrios como os atuais, onde há a proliferação de discursos de intolerância, discriminação e preconceito, que insistem em resgatar personagens e práticas que violentaram os direitos e garantias fundamentais à liberdade, à expressão e ao pluralismo político em nosso passado recente, a presente publicação pretende constituir uma trincheira em defesa de uma cultura pública fundamentada no respeito aos direitos humanos e fundamentais, na diversidade e no repúdio incondicional às tentativas, sejam elas explícitas ou falsamente revestidas de "legalidade", de rompimento autoritário de nossa frágil e jovem tradição democrática", observa Garrido.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal