Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

05/08/2020 - 15:08 - Atualizado em 07/08/2020 - 10:19
Precisamos de arte para viver?
Novo episódio do “Ciência ao Pé do Ouvido” bate um papo com artistas e pesquisadores da UFU sobre os entrelaçamentos possíveis da arte com a nossa vida; ouça o podcast
Por: 
Portal Comunica UFU
Por: 
Thiago “Zina” Crepaldi

 

Clique na imagem para ouvir o podcast (Arte: Marcel Arantes)

Frente ao cenário de incerteza e de distanciamento físico, provocados pela pandemia do novo coronavírus, as pessoas se viram obrigadas a se afastarem das atividades artísticas e culturais, como salas de cinema, teatros e concertos. Mas dada a relevância das linguagens artísticas para a nossa vida, estão surgindo diferentes formas de experienciá-las, mesmo sem sair de casa.

Você deve se lembrar das cantorias nas janelas e varandas italianas, em março, como se espantassem a solidão causada pela quarentena; você mesmo pode ter participado de alguma live nas mídias digitais, como consumidor ou produtor delas. Esses rearranjos, que nos fazem reencontrar com a arte, nos convida à reflexão: “a arte representa a nossa vida ou provoca a vida que há em nós?”. Segundo a filósofa Viviane Mosé, que levantou esse questionamento em um programa da TV Cultura, talvez seja as duas coisas. “Viver é um gesto artístico e estético”, considera Mosé.

Na vivência do músico Vaine, a relação com as artes, que começou na infância, se tornou interesse de estudo e profissão. “Encontrei nelas maneiras de expressar tudo o que eu sinto, mas que não consigo dizer de outra forma tão efetiva e com tamanha clareza”, disse o estudante de Artes Visuais da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em entrevista ao novo episódio do “Ciência ao Pé do Ouvido”. 

No nosso podcast, lançado nesta quarta-feira (05/08), é discutido o tema: “A arte para viver”. Nele, a apresentadora Josielle Ingrid, jornalista da Diretoria de Comunicação da UFU (Dirco), convida, além do artista Vaine, a performer e psicóloga Juliana Bom-Tempo, que também é docente do Instituto de Artes, e o literato Ivan Marcos Ribeiro, professor do Instituto de Letras e Linguística, ambos da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Convidados do episódio de agosto do podcast de ciência da UFU. (Arte: Marcel Arantes)

Os entrevistados respondem às perguntas enviadas por ouvintes no quadro “Diz Aí” e o programa ainda tem dicas de conteúdos sobre ciência e arte, no quadro “Anexos”, na voz da jornalista Diélen Borges, da Dirco/UFU.

 

Ouça gratuitamente abaixo ou no Spotify!

 

 

O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Você pode seguir o podcast também no Twitter. Para falar com a equipe, escreva para: comunicaciencia@ufu.br.

 

*Thiago "Zina" Crepaldi é biólogo pela UFU e voluntário do podcast

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal