Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

06/11/2020 - 10:43 - Atualizado em 06/11/2020 - 12:49
Projeto da UFU oferece exercício físico para gestantes durante pandemia
Podem participar da iniciativa grávidas entre a 12ª e 20ª semanas gestacionais e que tenham acesso à internet
Por: 
Genivan Júnior

Exercícios contribuem para bem-estar global da gestante e conseguem prevenir e atenuar os diversos sintomas resultantes das adaptações do organismo materno. (Foto: Freepik)

Durante o período gestacional, o organismo materno está sujeito a alterações hormonais e biomecânicas que geram sobrecarga muscular e, consequentemente, quadros dolorosos. Com isso, a prática de exercício físico, em intensidade leve a moderada, e com parâmetros hemodinamicamente seguros, é recomendada no período gestacional. Ela gera benefícios tanto para a mãe como para o feto.

No entanto, diante da pandemia atual, os órgãos nacionais e internacionais consideraram a população de gestantes como de risco e preconizam o distanciamento social como a melhor maneira de prevenção da doença. Esta nova realidade tem desmotivado a prática de exercícios físicos pelas mulheres grávidas, o que pode levar a prejuízos à saúde e ao bem-estar delas.

Por conta deste cenário, o curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) está ofertando, pela primeira vez remotamente, o projeto de extensão “Atenção à Gestante: Exercício Físico em tempos de Covid-19”, coordenado pela professora Vanessa Baldon. A iniciativa visa ao atendimento de gestantes da cidade de Uberlândia pelo oferecimento de intervenções fisioterapêuticas, por meio de exercício físico supervisionado por alunos(as) do curso de graduação em Fisioterapia. As orientações ocorrem via videoconfência, com o uso da plataforma Google Meet. Para participar, as gestantes devem ter mais de 18 anos, estar entre a 12ª e 20ª semanas gestacionais e possuir acesso à internet.

O projeto é composto por:

  • Uma avaliação on-line, realizada por uma fisioterapeuta, em que a gestante irá responder algumas questões sobre sua saúde;
  • Atendimento fisioterapêutico com exercícios globais, uma vez por semana, com duração aproximada de 50 minutos. Esses exercícios serão realizados via videoconferência e em grupo (cada grupo será constituído por seis gestantes, três alunas da graduação do curso de Fisioterapia e uma fisioterapeuta supervisora - tudo isso para garantir a correta execução dos exercícios por todas as participantes);
  • Cada gestante receberá, também, uma cartilha com exercícios e orientações para a execução dos mesmos nos outros dias da semana;
  • O acompanhamento com exercícios irá ocorrer durante toda a gestação; ao final da participação da gestante, ela será reavaliada.

De acordo com a bióloga Millena Sousa, que participou do projeto em 2019, quando ele foi ofertado presencialmente, os exercícios ajudaram a aliviar as dores durante a gestação e prepararam seu corpo para o parto normal. “Com 37 semanas iniciei a preparação perineal para o parto normal e realizei três sessões com os profissionais do curso de Fisioterapia. Com 38 semanas e 2 dias tive um parto normal, natural, sem a utilização de métodos farmacológicos no alívio da dor”, relata.

Sousa testemunha que o projeto foi extremamente importante para o desfecho do seu parto: “Sendo que a preparação perineal foi essencial para a ausência de laceração perineal. Indico a todas as gestantes essas atividades propostas pelo curso de Fisioterapia, pois são práticas e informações que fazem a diferença na gestação e estão acessíveis a toda comunidade uberlandense.”

Fisioterapeuta e doutoranda em Ciências da Saúde pela UFU, Alana Cabral integra a equipe do projeto pela primeira vez. Ela ressalta que os exercícios proporcionados pelo “Atenção à Gestante: Exercício Físico em tempos de Covid-19” contribuem para o bem-estar global da gestante e conseguem prevenir e atenuar os diversos sintomas resultantes das adaptações do organismo materno, nesse período tão único na vida de qualquer mulher. E, diante da atual situação mundial, a atividade de extensão ainda possibilita que toda essa assistência seja executada de forma segura. "Além disso, o fato de ser gratuito garante que, independente da condição financeira, qualquer gestante que deseje participar e se enquadre nos critérios de inclusão, consiga ser inserida", conclui.

As gestantes que estiverem interessadas em participar do projeto devem entrar em contato com Alana Cabral, via WhatsApp: (34) 99276-6777.

(Arte: Divulgação)

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal