Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

25/02/2022 - 12:11 - Atualizado em 25/02/2022 - 12:12
Vinculado à UFU, Cintesp.Br recebe o vice-campeão sul-americano de basquete em cadeira de rodas
Visita de José Júnior foi para a realização de vários testes no equipamento que irá prescrever as medidas para fabricação de uma cadeira de rodas personalizada
Por: 
Portal Comunica
Por: 
Cristiane de Paula (Ascom/Cintesp.Br)

Foto: Cristiane de Paula/Cintesp.Br

Iniciar a fabricação da primeira cadeira personalizada para o basquete utilizando inovações em tecnologia assistiva para paratletas de alta performance. Esta foi a razão da visita do atual vice-campeão sul-americano de basquete em cadeira de rodas, José Júnior, ao Centro Brasileiro de Referência em Inovações Tecnológicas para Esportes Paralímpicos (Cintesp.Br). José Júnior joga pelo time Andef-Cobras, da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos.

A pesquisa é desenvolvida pelo Cintesp.Br, vinculado à Universidade Federal de Uberlândia (UFU), financiada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e em parceria com a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Com o direcionamento do pesquisador Lucas Cardoso, autor do projeto, o paratleta fez vários testes de conformidade, rendimento e segurança no equipamento que irá prescrever as medidas para fabricação da cadeira de rodas personalizada. "Minha expectativa é muito grande com esse equipamento, essa novidade. Para eu chegar a um modelo bom para jogar, vou ajustando minha cadeira na base das tentativas e erros e isso gasta dinheiro e tempo para jogar cada dia melhor. Já estou é ansioso pra experimentar, pra jogar com ela", disse José Júnior, que foi um dos jogadores da seleção brasileira, vice-campeã sul-americana de basquete em cadeira de rodas.

 

Sobre o projeto

O equipamento oferece mais de 30 ajustes, levando em conta as medidas anatômicas do paratleta, as necessidades de conforto de acordo com o tipo de deficiência e cada exigência específica de esforço para executar as manobras em uma partida de basquete atingindo o melhor rendimento. Os ajustes são feitos conforme as medidas que serão associadas para indicar um modelo personalizado da cadeira de rodas ideal para o basquete. O Equipamento de Prescrição de Cadeiras de Rodas (SWCE), desenvolvido pelo Cintesp.Br, oferece condições ao atleta com deficiência, uma liberdade de escolha dentro do que melhor corresponde ao seu conforto e segurança, a partir de uma análise ergoantropométrica diretamente relacionada à sua cinesiologia de propulsão. "Foi muito rico esse nosso trabalho para fabricar a cadeira de rodas do José Júnior. Ele trouxe informações importantes para a prescrição, detalhes técnicos que só o atleta pode nos oferecer", completou Cardoso. A cadeira de rodas já está em fase final de desenvolvimento e agora será utilizada em "ambiente relevante", ou seja, em condições diretas de jogo pelo próprio atleta para orientação de novos ajustes, até chegar ao modelo ótimo para o alto rendimento.

A prescrição aconteceu na sede do Cintesp.Br, na Arena Sabiazinho, em parceria com a Prefeitura de Uberlândia por meio da Futel, que trabalham em cooperação técnico-científica juntamente com o CPB e apoio do MCTI. "Maravilhosa essa nossa parceria, que possibilita um conjunto de esforços para melhorar o esporte paralímpico, reforça todo o apoio que a Prefeitura de Uberlândia já presta ao esporte paralímpico e somando às pesquisas do Cintesp.Br", destacou o diretor da Futel, Edson Zanatta, que esteve na sede do Cintesp.Br para receber o paratleta.

Parte do time de basquete em cadeira de rodas da cidade de Araguari também acompanhou a visita de José Júnior. Aproveitando a oportunidade, já se apresentaram como novos candidatos para as pesquisas sobre inovações em tecnologia assistiva. "Nosso time, há mais de 15 anos, joga de forma independente. Agora, o município inicia o apoio ao basquete paralímpico e nossa meta é igualar aos times de alto rendimento. Esta parceria do Cintesp.Br vai ser essencial", disse Rômulo Monteiro, coordenador de Esportes Paralímpicos de Araguari.

O Equipamento de Prescrição de Cadeiras de Rodas (SWCE) oferecerá ao atleta com deficiência condições e liberdade de escolha dentro do que melhor corresponde ao seu conforto e segurança, a partir de uma análise ergoantropométrica diretamente relacionada à sua cinesiologia de propulsão. "O Cintesp.Br atua como mais que um centro de inovação em tecnologia assistiva; atua como parceiro do atleta, pois trabalha diretamente para ele com interação contínua no processo que pode oferecer, em tempo real, todas as medidas para o fabricante e apoiar durante o processo de fabricação", completou Cleudmar Araújo, coordenador-geral do centro. A previsão dos pesquisadores é de fabricar este modelo em 30 dias.

"Quem sabe agora, com o Cintesp.Br, Uberlândia poderá atrair de volta os nossos jogadores de basquete em cadeira de rodas? Temos um centro de referência e pesquisadores à nossa disposição", disse Clayton Barbosa, presidente do Conselho da Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (Aparu) e que também acompanhou a passagem de José Júnior por Uberlândia.

As próximas prescrições serão feitas com os seguintes paratletas: Jovane Guissone, da esgrima Categoria B, medalha de prata na espada nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 e considerado no Prêmio CPB/Loterias Caixa como melhor atleta por modalidade; e Rafael Hoffmann (tetraplegia nível C5-C6), atleta paralímpico de rugbi na Rio 2016 e membro da Seleção Brasileira no Desafio Mundial de Rugbi em Cadeira de Rodas (WWRC 2019) - competição disputada também na capital do Japão e na qual o Brasil ficou em 8º lugar.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal