Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

10/06/2022 - 12:32 - Atualizado em 20/06/2022 - 11:02
Pró-reitor da UFU é eleito presidente nacional do fórum de gestores da extensão universitária
Hélder Eterno também assume a coordenação do Colégio de Pró-Reitores e Pró-Reitoras de Extensão da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes)
Por: 
Portal Comunica
Por: 
Nasser Pena/assessor de Comunicação da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

Participantes com direito a voto elegeram Hélder Eterno da Silveira (quarto sentado à mesa, da esquerda para a direita) como presidente e Maria Anezilany Gomes do Nascimento (no telão), como vice-presidenta do Forproex. (Fotos: Milton Santos)

O pró-reitor de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Hélder Eterno da Silveira, foi eleito presidente da Coordenação Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (Forproex) nesta quinta-feira (09/06). A eleição ocorreu no 49º Encontro Nacional do Forproex, que aconteceu em formato híbrido, presencialmente no Campus Santa Mônica da UFU e de forma remota por videoconferência.

No evento, cerca de 150 gestores e gestoras da extensão universitária participantes elegeram a chapa encabeçada pelo pró-reitor da UFU com a vice-presidência ocupada pela pró-reitora de Extensão da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Maria Anezilany Gomes do Nascimento. Além de assumir a presidência do Forproex, Hélder Eterno também responderá pela coordenação do Colégio de Pró-Reitores e Pró-Reitoras de Extensão da Andifes.

Registro do momento da votação

A UFU tem tido bastante protagonismo na extensão universitária em constante articulação com as pró-reitoras e os pró-reitores de extensão do país, como apontou Silveira: “Nossa universidade, neste momento, assume a presidência nacional do Forproex e isso mostra a relevância da política de extensão que temos na UFU, em atenção às diretrizes nacionais da extensão universitária, e a consolidação que estamos constituindo aqui da própria relação da universidade com a comunidade.”

A ex-vice-presidenta do Forproex e reitora da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Adriana Marmori, destacou a importância de se manter as universidades públicas articuladas e apontou caminhos para a gestão recém-eleita: "Para a próxima gestão, eu desejo um excelente trabalho já com a presencialidade instalada. Eles [os membros da nova equipe gestora do Forproex] têm uma trajetória de defesa do lugar da extensão; tenho certeza que vão consolidar aquilo que foi implantado nas últimas gestões e vão despontar com novas propostas para que esse fórum tenha cada vez mais destaque nacional.”

 

Desafios da extensão

O Forproex e as Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES) têm um horizonte de muitas demandas pela frente, em relação à extensão universitária, como destacou Silveira: “O fórum possui grandes desafios, dos quais a consolidação da inserção curricular da extensão nos projetos pedagógicos é um dos principais.” A curricularização da extensão foi um dos pontos centrais de discussão do 49º Forproex, com o debate “Operacionalização da Inserção Curricular” em que se discutiu os desdobramentos da Resolução Nº 7, de 18 de dezembro de 2018, do Ministério da Educação, que estabeleceu as diretrizes para a extensão na educação superior brasileira.

Outra busca apontada por Silveira para a extensão é a pelo financiamento. “Precisamos fazer com que essa extensão se mantenha com um financiamento que seja sustentável, que não se dê por orçamentações pontuais, mas sim uma dotação orçamentária que sustente as ações de extensão perenemente nas instituições, levando em consideração todas as especificidades das IPES”, sublinhou. Por fim, outro desafio citado pelo novo presidente é fazer com que a extensão se consolide, sobretudo, no seu formato presencial.

Hélder Eterno da Silveira, em seu primeiro pronunciamento como presidente do Forproex

 

Carta de Uberlândia

Ainda no último dia do 49º Forproex, foi aprovada uma carta denominada “Carta de Uberlândia'', que reforça o papel estratégico da extensão universitária para consolidação dos valores da democracia, da cidadania e do Estado Democrático de Direito. A carta, redigida a partir das discussões dos três dias de Forproex, apontou desafios da extensão universitária, como a resistência de parte da comunidade acadêmica a mudanças nos processos educativos, e deliberou pontos que deverão ser pauta de ação da coordenação nacional do fórum na gestão 2022-2023.

A versão completa do documento poderá ser encontrada em breve no site oficial da Rede Nacional de Extensão.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

>>> Leia também:

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal