Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

23/01/2023 - 14:24 - Atualizado em 25/01/2023 - 16:41
Futuro à vista: entenda como serão o Parque Tecnológico e a usina termoquímica experimental da UFU
Serão investidos mais de R$ 20 milhões nos projetos da universidade
Por: 
Túlio Daniel

Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação explica detalhes de como será a implementação. (Foto: Alexandre Costa)

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) apresentou o projeto de criação do Parque Tecnológico (TecnoUFU) e da usina termoquímica experimental que serão construídos no Campus Glória. O encontro aconteceu na última quinta-feira (19), na Fundação de Apoio Universitário (FAU).

O objetivo do parque é permitir o desenvolvimento de uma nova matriz tecnológica e econômica na região, gerando renda para a população. Ele foi aprovado na chamada pública da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e receberá dela e do Governo do Estado de Minas Gerais um investimento total de R$ 12 milhões.

Já a usina termoquímica experimental é um projeto que busca produzir energia térmica e elétrica a partir da trituração de carga de resíduos contrabandeados e apreendidos pela Receita Federal, como cigarros. O projeto congrega diversos pesquisadores e instituições de ensino, além de empresas privadas e órgãos governamentais.

Para a usina, o investimento será de cerca de R$ 10 milhões e terá baixo impacto ambiental. No evento de apresentação, compareceram Carlos Henrique Martins, vice-reitor da UFU; Carlos Henrique de Carvalho, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFU; Paulo Sérgio Beirão, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig); Marcelo Speziali, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapemig; Felipe Attiê, subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais; e Thalita Costa Jorge, secretária de Agronegócio, Economia e Inovação de Uberlândia.

Futuramente, Campus Glória contará com diversos complexos que incluem Centro Esportivo, Moradia Estudantil e Escola Básica. (Imagem: Arquivo Marcelo Braga/Femec/UFU)

Os recursos já estão disponíveis e o processo de compra e licitação de equipamentos está acontecendo. De acordo com Carvalho, a energia produzida será revertida também para pequenos e médios municípios, sendo benéfica para toda a sociedade, além da universidade.

Ao final, Beirão destacou ainda o impacto do conhecimento gerado na UFU para a comunidade externa. “[A usina] mostra, através de uma ação dessa natureza, que esse conhecimento, essas cabeças pensantes, podem encontrar soluções muito concretas para os problemas da sociedade. Isso é um desafio que temos em Minas Gerais e no Brasil, de usar esse capital intelectual que temos nas universidades e instituições de pesquisa para encontrar soluções para a sociedade”, finaliza.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

>>> Leia também:

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal