Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

11/12/2018 - 16:09 - Atualizado em 13/12/2018 - 10:24
Artigo assinado por docente da UFU obtém destaque internacional
Trabalho publicado em parceria por Fernando Bergamini e duas pesquisadoras alemãs é o tema da contracapa da Chemical Society Reviews, uma das revistas de Química mais bem conceituadas do mundo
por Autor: 
Hermom Dourado

 

Imagem: Divulgação

 

Lotado no Instituto de Química da Universidade Federal de Uberlândia (IQ/UFU) desde o último mês de agosto, o professor Fernando Rodrigues Goulart Bergamini é um dos autores do artigo intitulado “Functional Protein Nanostructures: a chemical toolbox – em português, “Nanoestruturas proteicas funcionais: uma caixa de ferramentas químicas”. O trabalho foi recém-publicado na Chemical Society Reviews – que é produzida pela Royal Society of Chemistry e se trata de uma das revistas internacionais de referência em Química, com Fator de Impacto 40.2, Qualis A1 –, tendo sido o escolhido para ilustrar a contracapa da sua edição atual.

O artigo é fruto de estudos em conjunto com duas pesquisadoras do Instituto Max Planck de Pesquisa de Polímeros, da Alemanha, Seah Ling Kuan e Tanja Weil. De acordo com Bergamini, o seu contato com a dupla teve início no final de 2017, época em que ele estava à procura de potenciais supervisores para realizar um pós-doutorado em síntese de macromoléculas e nanoestruturas, em especial aquelas envolvendo proteínas.

“A professora Weil é uma das grandes referências nas pesquisas para o desenvolvimento de novas tecnologias com materiais híbridos envolvendo proteínas e eu já acompanhava seus trabalhos há alguns anos. Por isso, busquei uma chance de trabalhar em seu grupo. Ela respondeu gentilmente ao meu pedido de pós-doutorado e, com isso, iniciamos a elaboração do plano de trabalho para a busca de fomento a ele. Foi neste contexto que a professora Weil também me convidou para participar deste artigo de revisão que ela e a Dr.ª Kuan estavam elaborando para a Chemical Society Reviews”, revela o docente da UFU.

 

Conteúdo

Questionado sobre as principais propostas apresentadas neste texto científico, ele explica que, em resumo, buscou-se fornecer as ferramentas para a geração de nanoarquiteturas proteicas inspiradas na natureza: “De maneira muito simplista, pense como um ‘livro de receitas’, ou melhor, um ‘manual’, com a compilação sistematizada e racional do que há de estratégias sintéticas contidas na literatura para a geração de nanoarquiteturas proteicas bem definidas para uma série de aplicações, incluindo imageamento, catálise e medicina. É um guia passo-a-passo para a produção de estruturas intrincadas. Ainda, brevemente, fornecemos algumas ferramentas para a avaliação quantitativa da interação entre os ligantes e estas mesmas proteínas, algo que ainda não havia sido explorado nos artigos de revisão similares.”

Na opinião do professor do Instituto de Química da UFU, a publicação deste trabalho não é uma conquista apenas para ele, mas também para a instituição, pois tende a reforçar e possibilitar a implementação de uma nova linha de pesquisas nela. “De nosso conhecimento, é uma área sem precedentes no Brasil e, diria, ainda muito pouco explorada no mundo. Em médio e longo prazos, isso poderá colocar nossa universidade no cenário mundial, junto aos pesquisadores que trabalham no estado-da-arte do desenvolvimento de novas tecnologias, em especial aquelas envolvendo aplicações biomédicas. Mais além, de certa forma, formaliza nossa colaboração com o grupo da professora Weil e possibilitará pedidos de fomento que auxiliarão o estreitamento de nossa interação científica”, conclui Fernando Rodrigues Goulart Bergamini.

 

Espectrômetro de Ressonância Magnética Nuclear é um dos equipamentos utilizados pelo professor Fernando Bergamini na UFU. (Foto: Arquivo pessoal)

 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2019. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal