Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

01/10/2021 - 14:09 - Atualizado em 04/10/2021 - 14:44
UFU desenvolve dispositivo capaz de converter glicerol em produto de maior valor
Os resultados da pesquisa da Química renderam premiações em congresso internacional
Por: 
Julia Alvarenga

Lucas Nascimento é formado em Química Industrial pela UFU (Foto: Arquivo pessoal)

Estima-se que, a cada 1000 quilos de biocombustíveis líquidos produzidos, como bioetanol e biodiesel, pelo menos 100 quilos de glicerol são gerados como resíduo industrial. O volume do glicerol produzido atualmente é maior do que o mercado é capaz de absorver, fator que faz com que seu valor seja baixo.

A maioria das indústrias acaba queimando a substância. De forma a encontrar uma solução para esse problema, o químico industrial Lucas Nascimento desenvolve estudos com o objetivo de converter o glicerol em produtos químicos de maior valor financeiro.

Na pesquisa de mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Química da Universidade Federal de Uberlândia (PPGQ/UFU), Nascimento criou um dispositivo fotoeletroquímico capaz de converter o glicerol em ácido fórmico e ainda produzir hidrogênio no processo.

De acordo com o pesquisador, o ácido fórmico é um reagente químico importante e tem valor de mercado cerca de 300 vezes superior ao do glicerol. Já o hidrogênio é um combustível verde, cujo consumo não gera a emissão de nenhum poluente.

“Os dispositivos fotoeletroquímicos aliam o uso de eletricidade à conversão de energia solar para promover reações químicas. A principal vantagem desses dispositivos é que o consumo de eletricidade é reduzido devido ao aproveitamento da energia solar”, explica.

Para Nascimento, como o Brasil é líder mundial na produção de bioetanol e só fica atrás da Europa na produção e consumo de biodiesel, a valorização do glicerol pode aumentar a rentabilidade da produção desses biocombustíveis e torná-los competitivos frente aos combustíveis fósseis.

O pesquisador desenvolveu sua pesquisa no Laboratório de Fotoquímica e Ciência de Materiais (LAFOT-CM), sob orientação do professor Antonio Patrocinio e coorientação da professora Juliane Zacour Marinho.

Nascimento foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) durante o mestrado e também ingressou com financiamento no doutorado da UFU para desenvolver uma próxima etapa da pesquisa. “Pretendo otimizar o processo de fotorreforma do glicerol e estudar a viabilidade do seu escalonamento, além de estudar novos materiais e trabalhar com outros derivados de biomassa de importância para a indústria nacional além do glicerol, como a vinhaça e a lignina”.

 

Premiação

Lucas Nascimento apresentou os resultados de sua pesquisa no evento online da Conferência Internacional de Materiais Eletrônicos (IUMRS-ICEM) e do Encontro Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat). O congresso internacional contou com a participação de 33 países e 23 estados do Brasil.

A apresentação do trabalho foi realizada de forma oral em inglês e recebeu dois prêmios. O primeiro, Bernhard Gross Award, o pesquisador venceu como melhor apresentação oral na categoria de materiais para conversão e armazenamento de energia.

O trabalho intitulado “Development of Bi2WO6 photoanodes for selective glycerol photoelectroconversion to formic acid” também recebeu o prêmio da American Chemical Society (ACS). Os cinco melhores pôsteres e as cinco melhores apresentações foram selecionados para receber a premiação de dois mil reais.

“Nós nos esforçamos muito para desenvolver um trabalho de excelência, mesmo apesar da pandemia e da falta de recursos. Portanto, receber esse reconhecimento foi muito gratificante, pois mostrou que estamos no caminho certo e somos capazes de fazer ciência de alto nível”, conclui Nascimento.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal