Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

27/05/2022 - 11:21 - Atualizado em 27/05/2022 - 18:44
Lançado novo e-book gratuito: 'Fronteiras, deslocamentos e dinâmicas sociais'
Terceiro volume da Coleção Observatório Etnográfico já se encontra disponível para download no site da Edufu
Por: 
Josias Ribeiro

A Editora da Universidade Federal de Uberlândia (Edufu) lança uma nova coletânea da Coleção Observatório Etnográfico. Com acesso gratuito e intitulado “Fronteiras, deslocamentos e dinâmicas sociais”, este e-book indica caminhos de pesquisas de diferentes pesquisadores que se dedicam na compreensão das dinâmicas sociais, especialmente nas fronteiras territoriais do Brasil com os países latinos vizinhos, investigando e abordando diversos sentidos como as fronteiras sociais, jurídicas, culturais e simbólicas.

A coleção é criada e dirigida pela professora Claudelir Correa Clemente, que leciona no curso de Antropologia da UFU e no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), além de coordenar o Grupo de Pesquisa Mobilidades, Vínculos Sociais, Território e Etnicidade (Movite). Em parceria com a docente da UFU, compõem o comitê editorial da Observatório Etnográfico os professores José Lindomar Coelho Albuquerque, do curso de Sociologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e José Carlos Gomes da Silva Gomez, que atua na área de Antropologia também na Unifesp.

Organizada por Albuquerque e Eric Gustavo Cardin - professor do Programa de Pós-Graduação em “Sociedade, Cultura e Fronteiras”, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) -, a coletânea "Fronteiras, deslocamentos e dinâmicas sociais" é o terceiro volume da coleção e também chama atenção para uma agenda de estudos em torno das possibilidades de pesquisas comparativas entre determinadas regiões de tríplice fronteira na América Latina, como Brasil/Argentina/Paraguai e Brasil/Colômbia/Peru.

O conteúdo do e-book está organizado em três partes, de acordo com os temas de discussão e as possíveis conexões entre as regiões de fronteira. Assim, o grupo buscou aproximar temas de regiões distintas, com o intuito de facilitar a visualização das aproximações e dos distanciamentos existentes nos estudos apresentados.

  • Parte I: “Estudar e ensinar nas cidades de fronteira" - traz reflexões acerca do fluxo crescente de brasileiros que se deslocam para as cidades fronteiriças paraguaias com o objetivo de cursar a graduação em Medicina;
  • Parte II: “Fronteiras agrícolas e extrativistas” - é composta por quatro textos e apresenta produtos de uma investigação coletiva que vem sendo realizada pelo Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão “Fronteiras, Estado e Relações Sociais” (Lafront), onde as autoras detalham de forma minuciosa o processo de aproximação em relação aos interlocutores e a abordagem metodológica;
  • Parte III: “Viagens e deslocamentos entre fronteiras” - tem três capítulos que organizam e apresentam fontes históricas para o estudo do processo de ocupação da região da fronteira Brasil/Argentina, buscando compreender a fronteira a partir das falas dos sujeitos que a vivenciaram e trazem em suas narrativas um inventário da fronteira e discurso político e intelectual vinculado à época, contribuindo para a formação de um novo olhar sobre esse espaço.

“Fronteiras, deslocamentos e dinâmicas sociais” está disponível para download gratuito no Portal da Edufu. Além desta publicação, o site disponibiliza outras obras de diversos ramos da educação, como o “LIBRAS: a formação continuada de professores” e “A polifonia no cavaquinho: novas abordagens”.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal