Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

19/09/2022 - 12:41 - Atualizado em 22/09/2022 - 08:10
Respirando arte e cultura
Evento reuniu apresentações de cinco artistas, na Praça Sérgio Pacheco
Por: 
Eliane Moreira

Fotos: Alexandre Costa

Momentos de muita descontração, arte e cultura. A celebração dos 20 anos do Projeto Arte na Praça, desenvolvido pela Diretoria de Cultura (Dicult)), da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Uberlândia (Proexc/ UFU), teve como palco a praça Sérgio Pacheco. Cinco atrações marcaram a comemoração: Rico Dalasam, Remobília, Congadar, Dom Capaz e Fernanda Vital.

O Arte na Praça é realizado desde 2002 e para o diretor de Cultura da UFU, Alexandre Molina, a edição representou “um momento muito especial, pois são 20 anos de um projeto que objetiva democratizar o acesso à produção musical autoral e independente, favorecendo a relação entre a comunidade universitária e extrauniversitária”. Ainda, de acordo com Molina, “esta edição comemorativa torna-se ainda mais importante, após um período de dois anos de distanciamento social; ver a praça Sérgio Pacheco cheia de pessoas foi emocionante”.

Ao centro, Alexandre Molina, diretor da Dicult, ladeado pelas apresentadoras do Arte na Praça, Uiara (lado esquerdo) e Iusley (lado direito)

O evento contou com parcerias importantes que, segundo Molina, garantiram o sucesso. “Realizar uma ação cultural é sempre um desafio no contexto brasileiro; portanto, as parcerias são fundamentais para garantirmos uma boa entrega à sociedade. Nessa edição dos 20 anos do Arte na Praça, a parceria com o Festival Timbre, que comemora seus 10 anos, foi fundamental e possibilitou uma programação diversa e requintada”, comentou.

Uma atração do Arte na Praça que chamou a atenção foi uma projeção mapeada, realizada a partir da imagem do rosto da cantora Elza Soares, falecida em janeiro deste ano. A ação foi viabilizada pela produção do  Festival Timbre e desenvolvida por Marcinho da Diva, de Patos de Minas. Elza Soares esteve em Uberlândia, em 2018, durante o Festival Timbre.

A programação do Arte na Praça contou, ainda, com a presença da Cacica Kawani, indígena não aldeada que vive em Uberlândia. Na ocasião, ela realizou um ato em defesa dos povos originários. A cacique estava acompanhada de um grupo de índios xavantes.

Ficou curioso para ver como foi o Arte na Praça? Veja, abaixo, nossa galeria de imagens. 

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal