Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

17/10/2022 - 10:43 - Atualizado em 04/11/2022 - 18:44
Escola Técnica de Saúde da UFU comemora seu 'Jubileu de Ouro'
Há 50 anos a Estes contribui com a formação de profissionais na cidade de Uberlândia
Por: 
Ítana Santos

“Uberlândia, cidade do Triângulo Mineiro, com uma população aproximada de 124.895 habitantes, caracteriza-se por um centro regional de várias cidades do Triângulo, Sul Goiano e Mato Grosso, exercendo desta forma uma grande influência sócio, política e econômica”. Assim, Oliveira e Queiroz descreviam a pequena Uberlândia na década de 70 no Memorial da Escola de Auxiliares de Enfermagem Carlos Chagas da Femeciu. Para eles, ela tinha um grande potencial para se desenvolver nos setores da educação e trabalho.

Os autores ainda pontuam as instituições de ensino que existiam na cidade naquela época. Eram 25 cursos secundários, 85 escolas primárias, sete escolas normais, três escolas técnicas de contabilidade, uma escola de química industrial, um colégio agrícola federal, um ginásio industrial, uma autarquia educacional com cursos básicos da Faculdade de Odontologia e Veterinária, uma universidade congregando Faculdade de Engenharia, Direito, Ciências Econômicas, Filosofia, Ciências e Letras, Faculdade de Artes de Uberlândia e uma Escola de Medicina com 3 anos e 7 meses de funcionamento.

Aulas e laboratórios dos cursos da Estes acontecem no Campus Umuarama da UFU. (Foto: Alexandre Costa)

É neste cenário que nasceu a Escola Técnica de Saúde da Universidade Federal de Uberlândia (Estes/UFU), que naquele momento era nomeada de Escola Técnica de Enfermagem Carlos Chagas (Etecc). Com o projeto homologado no dia 17 de outubro de 1972, pelo secretário da Educação de Minas Gerais, Caio Benjamin Dias, Uberlândia ganhou uma nova instituição de ensino que visava sanar a carência que a cidade tinha de profissionais de Enfermagem de nível médio, tanto no Hospital de Clínicas da Fundação da Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia (Femeciu), como nos demais hospitais e clínicas da cidade e região.

Os 50 anos da Estes são marcados por muita evolução e formação. A escola começou suas atividades em 1973, como estabelecimento privado de ensino de 2º Grau, agregado, à época, à Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia, mantida pela Femeciu, pelas contribuições dos alunos, da comunidade e também por verbas do Ministério da Educação e Cultura. Somente em 1981, três anos depois da federalização da UFU, que a Etecc integrou-se à universidade como órgão suplementar agregado à Pró-Reitoria Acadêmica, por meio da Diretoria de Ensino de 1º e 2º Graus (Dieps).

O primeiro curso a ser oferecido à comunidade foi o Técnico em Enfermagem. Mas, a partir de 1984, o cartel de formações passou a aumentar e chegou aos sete que são oferecidos hoje em dia. Em ordem cronológica, foram criados os seguintes cursos: Técnico em Prótese Dentária (1984); Técnico em Análises Clínicas e Técnico em Saúde Bucal (ambos em 1988); Técnico em Meio Ambiente (2010); Técnico em Controle Ambiental (2011); e Técnico em Segurança do Trabalho (2019).

Foto: Alexandre Costa

Além de contar com cursos em dois eixos profissionais - ambiente/saúde e segurança -, a Estes também tem executado projeto especiais vinculados à capacitação profissional visando à inserção no mercado de trabalho. É o caso, por exemplo de projetos como: o "Mulheres Mil", que realizou capacitação profissional para mulheres em situação de vulnerabilidade; o "UAI: UFU Acolhe Imigrantes", que se pautou na oferta de qualificação profissional para mulheres imigrantes ou/em situação de vulnerabilidade socioeconômica; e o "Projeto Alvorada: inclusão social e produtiva de pessoas egressas do sistema prisional", com objetivo de oferecer qualificação profissional para este público.

Sendo assim, hoje, a Estes oferta 720 vagas distribuídas entre seus sete cursos de educação profissional técnica de nível médio. O ingresso para seis deles acontece por meio de processos seletivos, realizados semestralmente de acordo com o edital vigente, tendo como órgão responsável a Diretoria de Processos Seletivos (Dirps/UFU). Somente o ingresso no curso de Técnico em Meio Ambiente, que é oferecido na modalidade Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica da Modalidade de Jovens e Adultos (Proeja) e ocorre por ordem de matrícula, sendo disponibilizadas 40 vagas anuais. Além dessas vagas, os estudantes também podem contar com assistências estudantis para permanência na instituição. Para mais informações sobre a Estes, acesse: http://www.estes.ufu.br/.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

>>> Leia também:

TÓPICOS: 

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal