Pular para o conteúdo principal
Podcast

Ciência ao Pé do Ouvido

Publicado em 17/11/2022 às 12:35 - Atualizado em 16/11/2023 às 14:39

Capa do Podcast
Capa Ciência ao Pé do Ouvido

Uma produção da Divisão de Divulgação Científica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), para falar sobre cotidiano e ciência - um único assunto. Produzido com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

#113 Superdotação e altas habilidades

Você já deve ter ouvido falar de crianças e adolescentes que antes mesmo de chegarem ao ensino médio já acumulavam aprovações em vestibulares de universidades. Neste episódio, conversamos com Nelson Ferreira Junior, neurologista infantil, e com Rochele Karine Marques, professora com ênfase em Educação Especial, para entendermos um pouco mais sobre as pessoas com superdotação e altas habilidades.




Apresentação, roteiro e entrevista: Leíse Alves e Lucas Samuel  


Supervisão e inserções: Túlio Daniel 


Entrevistados: Nelson Ferreira Junior e Rochele Karine Marques


Arte: Maria Clara de Medeiros 


Captação de áudio: Heuler Reis 


Edição de áudio: Márcio Gamma 




Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 999484655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios! 


O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU. 


As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: ⁠comunica.ufu.br/ciencia⁠. Siga nosso o canal Comunica Ciência no WhatsApp: ⁠bit.ly/canalcomunicaciencia⁠.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message
#112 Não mate as abelhas!

Como funciona o universo das abelhas? Qual a importância delas na natureza e por que não devemos matá-las? Sem abelhas não é possível existir a espécie humana e tantas outras espécies da fauna e/ou da flora. Por isso, devemos preservá-las. O que você está fazendo para salvá-las? Neste episódio, convidamos Fernanda Nogueira e Solange Augusto, biólogas formadas pela Universidade de São Paulo (USP), doutoras em Entomologia e docentes na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) que estudam o comportamento das abelhas no Laboratório de Ecologia e Comportamento de Abelhas (Leca). 


 


Apresentação, roteiro e entrevista: Camila Domingos e Ítana Santos  


Supervisão: Túlio Daniel 


Entrevistadas: Fernanda Nogueira e Solange Augusto 


Arte: Thamires Dantas 


Captação de áudio: Heuler Reis 


Edição de áudio: Márcio Gamma 


 


Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 999484655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios! 


 O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU. 


 As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: comunica.ufu.br/ciencia. Siga nosso o canal Comunica Ciência no WhatsApp: bit.ly/canalcomunicaciencia.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message
#111 Divulgação científica, inteligência artificial e democracia

A inteligência artificial não é uma novidade, apesar da sua popularização nos últimos anos, por meio de chats e alteração em imagens. Como a divulgação científica atua na democratização do uso da IA? Nos dias 11 e 12 de abril aconteceu na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) o evento Comunica Ciência. Dentre as atividades, houve a roda de conversa “Divulgação científica, inteligência artificial e democracia”. Este episódio é captação dessa roda de conversa, que teve a participação de Erica Mariosa, editora do Blogs de Ciência da Unicamp; Lucas Rocha, jornalista da revista Veja Saúde; Alexandre Cardoso, professor da Faculdade de Engenharia Elétrica da UFU que trabalha com inteligência artificial; e Alexia Pádua, professora da Faculdade de Educação da UFU com experiência em história, cultura digital e tecnologias.




Saiba mais sobre o IV Comunica Ciência em: eventos.ufu.br/comunicaciencia4




Apresentação, roteiro e mediação: Túlio Daniel 


Convidados: Erica Mariosa, Lucas Rocha, Alexandre Cardoso e Alexia Pádua


Arte: Igor Herrera


Edição de áudio: Márcio Gamma




Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 999484655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios!


O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU.


As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: comunica.ufu.br/ciencia. Siga nosso o canal Comunica Ciência no WhatsApp: bit.ly/canalcomunicaciencia.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message
#110 Microplásticos em todos os lugares

Além dos quase 500 anos para se decompor, o plástico, ou melhor, as partículas que dele se soltam, são uns dos maiores poluentes atuais. Eles podem ser encontrados nos alimentos que ingerimos, nas roupas que vestimos e até no ar que respiramos, mas o lugar onde a contaminação está em maior escala é no mar. Fragmentos já foram encontrados em geleiras no mar e em espécies marinhas que vivem em locais profundos do oceano. Fato é que os microplásticos estão em toda parte. Neste episódio conversamos sobre o assunto com Giuliano Jacobucci, pesquisador, professor do Instituto de Biologia da UFU e doutor em ecologia.




Site do IDEC: https://idec.org.br/greenwashing.




Apresentação, roteiro e entrevista: Isadora Pinheiro e Thuanne Santos 


Supervisão e inserções: Túlio Daniel


Entrevistado: Giuliano Jacobucci


Arte: Maria Clara Medeiros


Captação de áudio: Heuler Reis


Edição de áudio: Márcio Gamma




Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 99948-4655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios!


O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU.


As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: comunica.ufu.br/ciencia. Siga o nosso canal Comunica Ciência no WhatsApp: bit.ly/canalcomunicaciencia.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message
#109 Transição Energética

O aquecimento global é uma realidade reconhecida pela comunidade científica e seus efeitos podem ser sentidos nas mudanças climáticas extremas e desastres naturais cada vez mais frequentes que o mundo tem experienciado. Para tentar frear o aumento descontrolado da temperatura global – com um dos principais causadores sendo a queima de combustíveis fósseis – o tema da transição energética ganhou holofotes globais. Mas o que é isso, como pode ser feita e quais os meios para realizá-la? Neste episódio buscaremos responder a essas e outras perguntas. Para isso, convidamos Danilo de Siqueira Campos, presidente da Petrobras Biocombustível – subsidiária integral da Petrobras, que tem por objetivo a produção de biocombustíveis de forma sustentável –, e María de los Ángeles Pinto, engenheira na área Energética, com especialização técnica em Sistemas Solares Fotovoltaicos e, atualmente, líder no setor de Transição Energética e Sustentabilidade na Ecopetrol, que é o equivalente a uma "Petrobras" da Colômbia.




Apresentação, roteiro e entrevista: Heuler Reis e Helder Rodrigues 


Supervisão: Túlio Daniel


Entrevistados: Danilo de Siqueira Campos e María de los Ángeles Pinto


Arte: Maria Clara Medeiros


Captação de áudio: Heuler Reis


Edição de áudio: Márcio Gamma




Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 999484655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios!


O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU.


As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: comunica.ufu.br/ciencia. Siga nosso o canal Comunica Ciência no WhatsApp: ⁠bit.ly/canalcomunicaciencia⁠.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message
#108 Clonagem

Clones, um roteiro de novela de ficção ou uma realidade científica? Para além da ovelha Dolly, será que a clonagem de seres humanos é possível? No que ela pode nos ajudar? Como é a regulamentação desses procedimentos? Neste episódio buscaremos responder a essas e outras perguntas. Nossa convidada é Isabela Lemos, doutora em Genética e Bioquímica e biotecnologista atuante no Laboratório de Biotecnologia em Modelos Experimentais da Universidade Federal de Uberlândia (Labme/UFU). 




Apresentação, roteiro e entrevista: Isadora Pinheiro e Túlio Daniel 


Supervisão e inserções: Diélen Borges


Entrevistada: Isabela Lemos


Arte: Maria Clara Medeiros


Captação de áudio: Heuler Reis


Edição de áudio: Márcio Gamma




Manda mensagem para a gente! Pode ser por texto ou áudio. Por meio do número de telefone (34) 999484655, sua voz pode chegar ao pé dos nossos ouvidos nos próximos episódios!


O podcast “Ciência ao Pé do Ouvido” é produzido pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) da UFU.


As redes sociais do Ciência ao Pé do Ouvido são o X/Twitter (@aopedoouvidopod) e os perfis oficiais da UFU nas outras mídias. Leia as matérias em: comunica.ufu.br/ciencia. Siga nosso o canal Comunica Ciência no WhatsApp: bit.ly/canalcomunicaciencia.


---
Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/cienciaaopedoouvido/message

 

O Ciência ao Pé do Ouvido é um podcast dos gêneros ciência e cotidiano lançado em fevereiro de 2020 pela Divisão de Divulgação Científica da Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU). O objetivo é falar, de uma forma leve, sobre como a ciência está presente no cotidiano, trazendo especialistas em cada episódio para um bate-papo ao pé do ouvido. Desde agosto de 2022, é produzido com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

 

História

 

Divisão de Divulgação Científica

Nos últimos anos, a UFU tem vivenciado uma experiência inovadora em comunicação pública e divulgação científica, que envolve engajamento de seus servidores e estudantes, respaldo institucional e trabalho em rede. Ao longo da última década, servidores da Diretoria de Comunicação Social (Dirco) idealizaram a criação de uma Divisão de Divulgação Científica, focada na produção de conteúdos sobre as pesquisas desenvolvidas na universidade. A ideia foi fortalecida a partir de 2016, quando a UFU ingressou na Rede Mineira de Comunicação Científica (RMCC). A proposta de criação da Divisão de Divulgação Científica foi apresentada à Gestão Superior da universidade no início de 2018, fortemente apoiada pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP), e sua implantação foi aprovada. 

A Divisão começou a funcionar em 26 de junho de 2018 e consta na atual estrutura organizacional, consolidada pela Resolução 01/2012 do Conselho Universitário, atualizada e divulgada conforme a Portaria REITO 693/2020 e seu respectivo Anexo. A equipe é formada por profissionais e estagiários vinculados à Dirco e trabalha em uma sala cedida pela PROPP, no prédio da Reitoria, no Campus Santa Mônica. 

A Divisão de Divulgação Científica atua em duas frentes: (1) produção de conteúdos midiáticos sobre pesquisas desenvolvidas na UFU para os canais de comunicação oficiais – sites institucionais, perfis em redes sociais digitais e plataformas de podcast e (2) apoio a outros projetos de divulgação científica da universidade, com a promoção de eventos, grupo de estudo, curso de formação e Rede de Divulgadores da Ciência da UFU.

 

 

Um podcast de divulgação científica

Era uma das últimas reuniões de equipe do ano de 2019. A diretora de Comunicação da UFU, Renata Neiva, falou sobre os servidores que haviam chegado naquele ano para atuarem na área de rádio e incentivou os profissionais recém-chegados e também os veteranos a pensarem, juntos, em novos projetos de comunicação pública. A jornalista Diélen Borges perguntou:  “podemos fazer um podcast de divulgação científica?”. Neiva disse “sim!”. A operadora de rádio-telecomunicações Josielle Ingrid demonstrou interesse na proposta e as jornalistas combinaram que montariam o projeto.

Nas primeiras semanas de 2020, Borges, Ingrid, o colaborador Thiago Zina Crepaldi e a equipe de profissionais e estagiários da Divisão de Divulgação Científica se reuniram e planejaram o podcast. A proposta era falar de cotidiano e ciência como um único assunto, coletando dúvidas do público pelas ruas de Uberlândia e transformando em um roteiro de perguntas para cientistas. 

O nome “Ciência ao Pé do Ouvido” foi dado pelo estagiário de jornalismo Lucas Ribeiro, unindo a temática do programa (ciência), a mídia sonora podcast (ouvido) e uma ideia de prosa mineira (ao pé do ouvido). Afinal, estamos na mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, no interior de Minas Gerais. Com base nessa proposta, o primeiro logo foi feito pelo estagiário de design Abrão Osorio Júnior e pelo publicitário João Ricardo Oliveira.

 

 

Thiago Zina Crepaldi, Taciana Santos, Diélen Borges, Josielle Ingrid, Anna Cauhy e Lucas Ribeiro durante a gravação do episódio piloto.
Thiago Zina Crepaldi, Taciana Santos, Diélen Borges, Josielle Ingrid, Anna Cauhy e Lucas Ribeiro durante a gravação do episódio piloto. (Foto: Arquivo Dirco)

A covid-19 ainda não era uma pandemia quando o tema do episódio piloto foi escolhido pela equipe: “#00 Coronavírus”. Os primeiros entrevistados foram os pesquisadores Paulo Vitor Marques Simas, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Igor Andrade Santos, da UFU; e Leila dos Santos Macedo, da Fiocruz. Toda a equipe de comunicação envolvida no projeto participou das primeiras gravações, apresentando-se para o público. O lançamento do episódio #00 aconteceu no dia 10 de fevereiro de 2020, em todas as principais plataformas de streaming de áudio.

Durante a primeira temporada, os roteiros, as entrevistas, as captações de áudio e as edições foram feitas por Josielle Ingrid, com a colaboração de Zina Crepaldi. O quadro Anexos, com dicas relacionadas ao tema de cada episódio, foi produzido e gravado pela jornalista Diélen Borges, que também auxiliou Ingrid e Crepaldi na produção. A divulgação dos episódios no portal Comunica UFU e nas redes sociais foi feita por Borges e pela estagiária de design Anna Cauhy. Desde o episódio 35, a edição de áudio é feita pelo operador de rádio-telecomunicações Marcio Gamma, que trabalha no Campus Pontal da UFU, em Ituiutaba (MG).

Pesquisadora Geisa Zuffi é entrevistada por Josielle Ingrid
Pesquisadora Geisa Zuffi é entrevistada por Josielle Ingrid para o episódio #01 (Foto: Marco Cavalcanti)

 

Mudanças no formato

Durante a primeira temporada, o podcast foi lançado mensalmente, com a apresentação e entrevistas sendo feitas pela jornalista Josielle Ingrid e contendo dois quadros fixos, o “Diz Aí”, onde pessoas externas à produção faziam perguntas e opinavam sobre o tema do episódio, e o “Anexos”, dedicado a dicas que estivessem relacionadas à discussão de cada episódio.

A partir do quinto episódio da segunda temporada (#15 Quântica: é ou não é?), os episódios passaram a ser semanais e seriados, com a mesma temática para o mês de lançamento e com a participação de jornalistas e estagiários nas entrevistas realizadas. As séries produzidas passaram pelas temáticas: Quântica (quatro episódios), Língua (cinco episódios), Saúde Mental (quatro episódios), Clima (quatro episódios) e Influenciadores Digitais (cinco episódios).

Alguns episódios da segunda temporada contaram com o quadro especial “Rede de Divulgadores da Ciência da UFU”. Com apresentação do estagiário de Jornalismo da época e agora jornalista, Túlio Daniel, o quadro trazia informações sobre os trabalhos desenvolvidos pelos pesquisadores integrantes da Rede. Ela é uma iniciativa da Divisão de Divulgação Científica da Dirco e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propp/UFU) e tem o objetivo de fortalecer as iniciativas de divulgação científica existentes na universidade.

Esse modelo seguiu até o final da segunda temporada. A terceira, estreada em março de 2022, trouxe novas mudanças que se mantêm atualmente. Os episódios continuam sendo publicados semanalmente, mas com um tema diferente a cada episódio. Além disso, a partir do episódio 50, demais jornalistas e estagiários começaram a ter uma maior participação nas produções, variando os apresentadores e entrevistadores a cada episódio.

 

Tela do Google Meet com reunião da equipe
Reunião de pauta online durante a pandemia (Foto: Arquivo Dirco)

Trilha Sonora

A estreia do Ciência ao Pé do Ouvido, em 2020, coincidiu com o início da pandemia de covid-19. Naquela época, as trilhas sonoras do podcast foram solicitadas para o professor Eduardo Fraga Tullio. Ele é doutor em Música e professor de percussão no Instituto de Artes (Iarte/UFU) desde 2006 e fazia pós-doutorado em Jornalismo que envolvia a produção de trilhas para o documentário Grupo do Brooklyn.

Naquele momento, Eduardo precisava finalizar o documentário e não conseguiu produzir novas trilhas, então cedeu as utilizadas no documentário para o podcast. O processo de criação das vinhetas foi feito em casa, utilizando marimba, vibrafone, marimba de vidro, atabaques, pratos e efeitos para as composições.

Como o Ciência ao Pé do Ouvido é um podcast sobre ciência, a busca por um professor, que também é pesquisador na universidade, foi proposital. Dessa forma, cada episódio reforça que fazer ciência envolve diversas áreas diferentes, inclusive a música. No episódio #48, sobre o centenário da Semana de Arte Moderna, há um quadro de entrevistas em que o professor fala sobre esse assunto.

 

Design

O primeiro logo do Ciência ao Pé do Ouvido foi feito pelo estagiário de design Abrão Osorio Júnior e pelo publicitário João Ricardo Oliveira. A ilustração partiu do nome, que foi dado pelo estagiário de jornalismo Lucas Ribeiro, unindo a temática do programa (ciência), a mídia sonora podcast (ouvido) e uma ideia de prosa mineira (ao pé do ouvido). O desenho branco no quadro verde fez referência à área da educação, por se tratar de uma produção da universidade pública.

Primeira versão do logo, feita em 2020 pelo estagiário de design Abrão Osorio Júnior e pelo publicitário João Ricardo Oliveira
Primeira versão do logo, feita em 2020 pelo estagiário de design Abrão Osorio Júnior e pelo publicitário João Ricardo Oliveira


No início de 2023 o logo foi redesenhado pelas estagiárias de design Viviane Aiko e Ludimila de Castro. Permaneceram as cores verde e branco, que compõem a identidade visual dos produtos da editoria de Ciência da UFU, mas optou-se por uma proposta em que o desenho das pessoas é substituído pelo nome do programa em tamanho maior. Isso facilita a aplicação do logo nas capas e outras peças de divulgação. O sinal em curva, sobre a primeira letra C, remete às ondas sonoras da mídia em áudio.

 

Segunda versão do logo, feita em 2023 pelas estagiárias de design Viviane Aiko e Ludimila de Castro
Segunda versão do logo, feita em 2023 pelas estagiárias de design Viviane Aiko e Ludimila de Castro

 

Durante a primeira temporada, até o episódio #07, cada programa não tinha uma capa específica e, do #08 ao #10, as capas eram feitas a partir de fotos de bancos de imagens. A partir da segunda temporada, cada episódio passou a ter uma capa ilustrada. Essa melhoria visual foi possível devido à ampliação da equipe de design da Divisão de Divulgação Científica, que passou de um para dois estagiários.

 

Episódio especiais

Em comemoração ao 50º episódio, a equipe do Ciência ao Pé do Ouvido se reuniu em um especial, denominado “A Reunião”. Com produção do estagiário de jornalismo da época, Gabriel Reis, e seguindo um fio narrativo, o episódio busca trazer o ouvinte para um dia de produção do podcast e os entrevistados são os próprios integrantes e produtores que contam um pouco da história do podcast, suas funções e como fazer divulgação científica através de um formato de áudio e nas redes sociais.

Entre os episódios #77 e #78, foi produzido um episódio extra sobre o evento III Comunica Ciência, em que reproduzimos o áudio da roda de conversa “Onde está a ciência?”. Participaram o pesquisador Ricardo Galvão, que é presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e professor titular aposentado do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP); o jornalista Bernardo Esteves, que é repórter da revista Piauí, apresentador do podcast A Terra é redonda (mesmo) e professor no curso de especialização em comunicação pública da ciência Amerek, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); e a jornalista e pesquisadora Thaiane Moreira de Oliveira, que é superintendente de Comunicação Social na Universidade Federal Fluminense (UFF) e primeira comunicóloga a integrar a Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Pela primeira vez, na metade da quarta temporada, o podcast passou por um intervalo. Durante esse período de férias, foram publicadas as Pílulas de Ciência, 13 episódios curtos em que pesquisadores da UFU apresentam os seus trabalhos. As pílulas haviam sido publicadas originalmente como a série Comunica Ciência no Canal da UFU no Youtube.

 

Jornalistas Diélen Borges e Naiara Ashaia divulgam Ciência ao Pé do Ouvido no Campus Umuarama
Jornalistas Diélen Borges e Naiara Ashaia divulgam Ciência ao Pé do Ouvido no Campus Umuarama (Foto: Arquivo Dirco)

Desempenho e recomendações

O Ciência ao Pé do Ouvido esteve frequentemente entre os podcasts de ciência mais ouvidos no Brasil. O podcast estreou na parada dos Top Podcasts de Ciência, do Spotify, em setembro de 2021, e entre os 15 podcasts de ciência mais ouvidos da Apple Podcasts em outubro do mesmo ano.

Além disso, grandes veículos já recomendaram o podcast. Ele está presente nas listas da Revista Galileu, do Grupo Globo, entre os “9 podcasts sobre ciência que valem a pena conhecer e maratonar”; do Canaltech, entre os “5 podcasts de ciência que você precisa conhecer”; e da Fapemig, entre os “5 podcasts de ciências para quem gosta do assunto”.

Ainda, o site Learn Languages From Home recomendou o Ciência ao Pé do Ouvido como um dos “15 melhores para estrangeiros aprenderem português” e o Lingopie Blog também indicou o podcast da UFU entre “Best Podcasts To Learn Portuguese”.

Outros sites de relevância científica, como o Grupo Tordesillas e Agenda Tarsila também já divulgaram episódios do Ciência ao Pé do Ouvido. Atualmente, o podcast é ouvido em outros países, como Estados Unidos e Japão, e o episódio mais ouvido da história do podcast é o #08 Economia: que tenho a ver?

Eduardo Bernardes, Diélen Borges, Thaís Nadai e Patrícia Trópia gravaram o episódio #85
Eduardo Bernardes, Diélen Borges, Thaís Nadai e Patrícia Trópia gravaram o episódio #85 (Foto: Marco Cavalcanti)

A11y