Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

23/05/2022 - 17:38 - Atualizado em 30/05/2022 - 12:33
Eseba e Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira iniciam atividades do projeto Diário de Ideias
Alunos do 1º e 3º anos do Ensino Fundamental participaram de uma divertida e empolgante caça ao tesouro
Por: 
Cíntia Sousa

Proporcionar a expressão do aluno por meio de páginas de um diário. Assim, nasceu o programa institucional Diário de Ideias, metodologia idealizada pela professora Luciana Soares Muniz, da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia (Eseba/UFU). Neste ano de 2022, os estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira e os das turmas de 3º ano do Ensino Fundamental da Eseba participam do projeto.

Turmas do 3º ano do Ensino Fundamental da Eseba receberam o Diário de Ideias depois de uma caça ao tesouro. (Foto: Milton Santos)

Na Eseba, depois de dois anos em formato remoto, o projeto voltou a acontecer de forma presencial. Na tarde da terça-feira da semana passada (17/05), os alunos do 3º ano participaram de uma divertida e empolgante caça ao tesouro. A atividade iniciou-se com um mapa que levava as crianças para diferentes lugares da escola, onde as pistas estavam escondidas. O objetivo era que chegassem à floresta encantada, local em que estava o tesouro: o Diário de Ideias. Os três professores das turmas - Letícia Silva Moura, Luciana Soares Muniz e Johnatan Augusto Alves - orientavam os pequenos nas descobertas das oito pistas.

O aluno Guilherme Sousa Spirandelli estava participando pela segunda vez do projeto; a primeira foi no 1º ano do Ensino Fundamental. “Eu quero que ele [Diário de Ideias] sempre fique melhor, sempre evoluindo e traga felicidade, ideias para o mundo inteiro. Para as pessoas se divertirem todo dia, escreverem, lerem todo dia, olharem para ele como um amigo”, destacou o estudante, que está no 3º ano e é aluno de Luciana Muniz.

Guilherme, estudante da Eseba, participa pela segunda vez do projeto. (Foto: Milton Santos)

A professora Letícia Silva Moura revelou ansiedade em fazer parte do projeto, que conheceu ainda na faculdade. “Desde quando eu estava na universidade - faz pouco tempo -, eu já ouvia falar bastante do Diário de Ideias. Quando eu vim trabalhar aqui na escola, pude conhecer a professora Luciana, trabalhar em conjunto com ela e conhecer mais o projeto. Então, é muita expectativa em poder participar”, contou Moura.

Após a descoberta do Diário, os alunos conheceram os diários de ex-participantes do projeto. A atividade finalizou-se com todos os estudantes ouvindo e cantando Bolha de Sabão, uma das músicas do CD/DVD “Diário de Ideias Cantaroladas”.

 

Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira

Alunos da Escola Municipal Prof. Valdemar Firmino de Oliveira receberam um kit. A professora Márcia Serra participou do curso de extensão Diário de Ideias: formação de professores da Educação Infantil, em 2020. (Foto: Milton Santos)

Já na Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira a divertida caça ao tesouro aconteceu na tarde da última sexta-feira, dia 20. A professora Márcia Serra preparou para a turma do 1º ano do Ensino Fundamental oito pistas para a descoberta do tesouro. A caçada teve o auxílio dos fantoches Beto e Alpha, que revelaram a primeira dica; a cada pista descoberta, as crianças visitavam diferentes ambientes do colégio e ficavam mais próximas de conquistarem o tesouro: o Diário de Ideias.

Gabriela Mendes Lima participou da atividade juntamente aos seus 26 colegas de sala. Com um largo sorriso no rosto, a garotinha revelou que o mais importante foi a conexão com os amigos. “Eu adorei, porque além de ler, a gente fez a caça e teve o tesouro; a gente ganhou, foi muito legal. Quando a gente reuniu, a gente estava conectado, a gente era amigo”, destacou.

Gabriela, aluna da Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira, contou que sua primeira produção no Diário será sobre a caça ao tesouro. (Foto: Milton Santos)

A professora Márcia participou do curso de formação Diário de Ideias, de forma remota, em 2020. Neste ano, a docente está colocando em prática a metodologia com as turmas do 1º e 4º anos. “Como sempre fui professora alfabetizadora, eu sempre busco coisas novas, atuais, para que possa trabalhar na alfabetização; pois há mais de 20 anos, eu trabalho com alfabetização e sempre tudo que é novo eu procuro adicionar ao meu trabalho”, explicou.

A docente, que estava em busca de uma nova metodologia para auxiliar na alfabetização, relatou ansiedade para colocar em prática todo o aprendizado adquirido. “O início desse projeto para mim está sendo grandioso. Eu estou com expectativa igual um menino que recebe um doce novo. A gente sempre fica numa expectativa alegre, divertida e muito feliz; feliz porque a gente sabe que vai ser algo interessante para a criança”, finalizou.

Além dos exemplares do Jornal Diário de Ideiais, doados pela Eseba, os estudantes receberam um kit com caneta, lápis, borracha e moedas de chocolate que simbolizavam o tesouro encontrado. O material foi produzido com recursos da própria professora e da unidade escolar. A distribuição do kit aconteceu ao redor de uma colcha de retalhos, símbolo do projeto, e finalizou-se com um vídeo da professora Luciana Muniz para os pequenos da Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira.

A realização do  projeto Diário de Ideias neste colégio da Rede Municipal de Ensino conta com o apoio do Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe), vinculado à Prefeitura Municipal de Uberlândia.

 

Sobre o Diário de Ideias

O Diário de Ideias consiste em uma metodologia criada para promover a aprendizagem criativa e autoral, em especial na aprendizagem da leitura e da escrita. Institucionalizado pela UFU, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc), o programa promove também o curso de extensão Diário de Ideias: formação de professores da Educação Infantil.

No ano de 2018, “Diário de Ideias: categoria Anos Iniciais - Ciclo de Alfabetização (1º, 2º e 3º anos)” foi premiado como o melhor projeto voltado para a alfabetização de crianças do Brasil, na 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil - que recebeu 4.040 inscrições de docentes da rede pública de todo o país. Na ocasião, a professora Luciana Soares Muniz, idealizadora do projeto, recebeu a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo - Grau de Cavaleiro da Ordem- pela Presidência da República do Brasil. 

 

>>> Confira as imagens da caça ao tesouro na Eseba

>>> Confira as imagens da caça ao tesouro da Escola Municipal Professor Valdemar Firmino de Oliveira

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal