Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

08/11/2022 - 19:01 - Atualizado em 08/11/2022 - 20:27
'Viver e morrer bem', uma importante contribuição ao campo da bioética brasileira
Professor, filósofo e bioeticista da UFU explora os dilemas éticos nas pesquisas com seres humanos, animais e questões filosóficas que caracterizariam uma boa vida e uma boa morte
Por: 
Heuler Reis

 

De acordo com o professor, filósofo e bioeticista da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Alcino Eduardo Bonella, um dos maiores motivos para que ele decidisse escrever um livro com seus ensaios sobre bioética foi a percepção da escassez de material de "melhor qualidade e mais abragência" nesta área de conhecimento no Brasil. Na avaliação de Bonella, a bioética no país apresenta uma lacuna e o livro é a sua contribuição para preenchê-la.

O professor, que atua no programa de Mestrado e Doutorado em Filosofia, desde a sua fundação, além de atuar no Doutorado em Ciências da Saúde, também desde a sua fundação entre 2011 e 2012, conta que em seu livro o leitor encontrará os principais temas e problemas da bioética, tais como bioética clínica, o início e o fim da vida – em especial o aborto e pesquisas com embriões –, além de, também, abordar as questões éticas que envolvem a eutanásia e o suicídio assistido. 

Bonella também explica que no livro estão expressas suas ideias sobre a ética na pesquisa com animais e com seres humanos, ética pandêmica e a pesquisa com seres humanos, como no caso de uma pandemia, dentre outros temas do mesmo campo.

O professor destaca que o livro se divide em duas partes sendo a primeira, teórico-filosófica, entitulada "Bioética Filosófica". Nela são destacadas as ideias do autor sobre o valor da vida, a vulnerabilidade das pessoas humanas, e o método que pode ser usado na bioética para tratar dessas questões práticas. Na segunda parte, entitulada "Bioética Prescritiva", encontram-se os demais tópicos, citados acima.

Alcino conta que o livro é uma coletânea com seus principais pensamentos sobre bioética já publicados e também com novidades (Foto: Arquivo pessoal)

 

Mas o que é "viver e morrer bem"? Em um pequeno spoiler  sobre uma das discussões centrais do livro, Bonella nos conta que a morte é um malefício por conta dos anos de vida potenciais que ela nos tira, além de contrariar nossa vontade e nossas preferências. "Muitas vezes a morte é um morrer ruim, então ela causa dor e sofrimento. O bem viver seria uma vida com qualidade, com saúde, com realização das nossas preferências na medida do possível, mas também com quantidade, sendo a vida mais extensa que possamos ter e com saúde. A grosso modo, isso é o bem viver e o bem morrer", complementa. 

Além de toda a discussão trazida no livro, o autor diz que um dos seus principais objetivos é o de que estudantes e professores, que trabalhem com bioética, tenham um material organizado em forma de livro para usar nos cursos. O segundo objetivo é que as pessoas possam comprar um livro de qualidade sobre bioética e conhecer tais teorias, reflexões e as suas ideias expostas na obra. 

A obra de Alcino Bonella,"Viver e morrer bem: Ensaios de Bioética", editada pela Editora Appris, será lançada na próxima quinta-feira, 10 de novembro, no auditório do bloco 5S no Campus Santa Mônica da UFU, das 19h às 21h. Bonella concederá autógrafos durante o evento. 

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal