Skip to:

FacebookInstagramLinkedinTikTokTwitter YoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

25/01/2023 - 10:41 - Atualizado em 30/01/2023 - 14:26
'Acervo presente: mulheres ao centro': exposição no MUnA traz obras produzidas apenas por mulheres
Curadoria é resultado de Iniciação Científica feita por artista visual graduada na UFU
Por: 
Naiara Ashaia

Apenas 26% dos artistas em acervo do MuNA são mulheres. Exposição contesta isso. (Foto: Ana Luísa Guimarães e Luísa Malta)

Na sexta-feira (20), o Museu Universitário de Arte da Universidade Federal de Uberlândia (MUnA/UFU) abriu a exposição “Acervo presente: mulheres ao centro”. Com curadoria da artista visual Eduarda Cardoso, a exibição é resultado de uma Iniciação Científica Voluntária (Pivic) realizada entre 2019 e 2020 e orientada pela Profa. Dra. Tatiana S. Ferraz, do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia (Iarte/UFU).

O artigo, intitulado “Artistas mulheres no MUnA: uma exposição com obras produzidas por elas e presentes no acervo do museu”, verificou que apenas 26% das obras presentes no acervo do MuNA eram de artistas do gênero feminino. “Eu era estagiária e, quando eu comecei a trabalhar, percebi que não tinha muitas mulheres artistas no acervo. Comecei a pesquisar por conta própria e conversei com a professora que, na época, era coordenadora do museu. Falei ‘olha, estou fazendo uma pesquisa no acervo e percebi que tem poucas mulheres; vamos fazer uma pesquisa?’ e ela respondeu ‘vamos!’’, relata Cardoso.

Outra percepção da pesquisa é que, além do baixo número de artistas, havia poucas obras feitas por elas no MuNA. Pensando nisso, a artista visual reuniu mais de 50 obras de 26 mulheres, todas presentes no acervo, para trazer essas artistas ao centro do museu. Ela desenvolveu a expografia e a submeteu ao edital de solicitação de espaço, sendo contemplada ainda em 2019. Entretanto, devido à pandemia de covid-19, a exposição só pôde ser aberta em janeiro de 2023.

A exposição conta com grandes nomes da arte, como Tomie Ohtake. (Foto: Ana Luísa Guimarães e Luísa Malta)

A exposição traz obras de artistas renomadas, como Tomie Ohtake, que ainda não tinham ido para as paredes do MuNA. Segundo Cardoso, que sonha em seguir a carreira de curadora, essa é a primeira exposição com tema feminino e feminista. “É feita uma denúncia ao androcentrismo presente no mundo da arte e como os trabalhos produzidos por mulheres ainda são excluídos no contexto das instituições”, destaca a artista visual na divulgação da exposição.

Você pode visitar a exposição “Acervo presente: mulheres ao centro” até 19 de março no Museu Universitário de Arte, no bairro Fundinho, em Uberlândia.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2023. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal