Pular para o conteúdo principal
Extensão

Curso 'Qualificação Profissional para Mulheres em Situação de Vulnerabilidade' realiza formatura de três turmas

'Esse é o momento mais feliz da universidade, de entregar formandas, no caso, para a nossa sociedade [...]', celebrou o vice-reitor da UFU, professor Carlos Henrique Martins da Silva

Publicado em 14/05/2024 às 15:44 - Atualizado em 15/05/2024 às 17:43

Formandas do curso de 'Qualificação Profissional Agentes de Desenvolvimento Socioambiental' prestam juramento. (Foto: Milton Santos)

Transformação, empoderamento e potencial! Estas foram algumas das palavras-chaves que marcaram os discursos, na última terça-feira (7/5), da cerimônia de formatura das três turmas do curso de “Qualificação Profissional Agentes de Desenvolvimento Socioambiental". A iniciativa está vinculada ao projeto “Qualificação profissional para Mulheres em Situação de Vulnerabilidade - uma ação do Programa Mulheres Mil”, do governo federal. A solenidade ocorreu no período das 14h às 17h, no Auditório 3Q do Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).  

Neste ano, foram iniciadas em Uberlândia três turmas simultâneas do curso de “Qualificação Profissional Agentes de Desenvolvimento Socioambiental”. A aula inaugural aconteceu no dia 8 de março, em evento conjunto com o Centro de Incubação de Empreendimentos Populares Solidários (Cieps/UFU), em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres. 

As aulas foram ministradas de segunda a sexta-feira, com turmas divididas entre o período da manhã, alocada no Cieps Campus Santa Mônica; e duas turmas no período da tarde, uma com aulas na Escola Técnica de Saúde (Estes/UFU) – Campus Umuarama, enquanto a outra turma foi designada para as cozinhas solidárias dos bairros Dom Almir e Maná - ambos localizados na cidade de Uberlândia (MG).

O objetivo geral do curso é qualificar mulheres como agentes de desenvolvimento socioambiental com foco em Segurança e Soberania Alimentar e Nutricional, capacitando-as a atuar como agentes de mudança em suas comunidades, promovendo, ainda, o desenvolvimento socioambiental e melhorando a qualidade de vida própria e da coletividade.

O vice-reitor da UFU, professor Carlos Henrique Martins da Silva, expressou em suas palavras a alegria ao ver as alunas do curso vestidas com a beca e o que a cerimônia representa não só para elas, mas também para a instituição. “Esse é o momento mais feliz da universidade, de entregar formandas, no caso, para a nossa sociedade. [...] Agora, certamente, vocês mudaram, se empoderaram, vocês tiveram a experiência do que é uma universidade. Vivenciar a universidade, que é uma universidade pública feita para todas vocês; na realidade, é feita para todas as pessoas! [...]”.

A coordenadora-geral do projeto, professora Sheila Rodrigues de Sousa Porta, demonstrou seu orgulho e gratidão por fazer parte da iniciativa. “Peço licença para todo mundo agora, que eu vou me dirigir especificamente para essas meninas, que hoje encerram o curso de Agente de Desenvolvimento Socioambiental, e expressar para vocês toda a minha admiração, por terem comprado a nossa ideia, por termos caminhado juntos. Eu quero que vocês saibam que esse é um momento de orgulho para mim! Obviamente, é um momento de orgulho para vocês, para a família de vocês, mas é também um momento de muito orgulho para toda essa equipe [do projeto], que nesses últimos dois meses caminharam junto com vocês.”

Porta destacou, ainda, a força e garra das formandas, por não terem desistido desse sonho [estar e formar na UFU]. “Vocês são o testemunho vivo que, independente das circunstâncias, é possível sonhar e batalhar por um futuro melhor. Vocês não são definidas pela dificuldade do dia a dia, que acontece com qualquer um de nós, mas vocês conseguiram vislumbrar o potencial infinito e o futuro brilhante que merecem!”, afirmou.

Alice Margarida, agora formada como Agente de Desenvolvimento Socioambiental, manifestou sua felicidade diante da cerimônia de formatura: "[...] Eu estou muito feliz! Eu e minha turma ficamos dois meses nos preparando para hoje! [...]”. 

Outra recém-concluinte do projeto, Maria Ilda Sousa Oliveira relatou seu orgulho e agradeceu aos envolvidos na iniciativa. “Estou muito feliz de estar hoje aqui na UFU, na universidade, vestindo essa beca! Para mim, foi muito importante esse curso, aprendi e fiz muitas coisas boas, amigos… E agradeço aos professores que tiveram muita paciência com a gente, os diretores da UFU. Foi muito legal; estou muito feliz!”, finalizou.

 

Sobre o programa 

O Programa “Qualificação Profissional para Mulheres em Situação de Vulnerabilidade - uma ação do Programa Mulheres Mil”, visa capacitar mulheres em situação de vulnerabilidade. A proposta está sendo realizada na UFU pela Escola Técnica de Saúde (Estes/UFU), em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc/UFU), juntamente com o Centro de Incubação de Empreendimentos Populares Solidários (Cieps/UFU). A iniciativa conta com o financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ligado ao Ministério de Educação e Cultura (MEC).

Para conhecer mais sobre o projeto e/ou obter informações sobre novas turmas, acesse o perfil da iniciativa no Instagram.

 

 

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

 

Confira, abaixo, uma galeria especial da solenidade de formatura:

Palavras-chave: ESTES Cieps aula inaugural Mulheres Mil Qualificação Profissional formação inicial e continuada Formatura solenidade

A11y