Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

29/04/2021 - 11:31 - Atualizado em 13/05/2021 - 13:24
UFU se mantém entre as instituições com melhor Índice Geral de Cursos do país
IGC representa a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado das universidades avaliadas
Por: 
Fabiano Goulart

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) está entre as Instituições Federais de Ensino Superior (IFEs) com melhor Índice Geral de Cursos (IGC) do Brasil. A nota varia de 1 a 5, sendo 1 e 2 resultados insatisfatórios; 3 regular, e 4 e 5 satisfatórios. Com nota geral 4, a UFU integra o grupo representado por 71% das instituições públicas federais, que alcançaram IGC 4 e 5.

Na avaliação do diretor de Ensino da UFU, Ilmério Reis da Silva, a universidade caminha no sentido da melhoria dos seus indicadores dos cursos de graduação e de pós-graduação stricto sensu. “Isso reflete uma liderança da UFU em relação aos índices obtidos na região. Estamos próximos de alcançar a faixa de índice 5 e trabalhando para melhorar ainda mais nossos indicadores”, disse o diretor, ao destacar e agradecer o envolvimento da comunidade acadêmica que contribuiu para a obtenção do resultado.

 

IGC é obtido pela média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação e representa a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da instituição. (Foto: Milton Santos)

 

O índice

Integrante dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior, o IGC é obtido pela média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação e representa a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino.

Apurado e divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), o índice mede a qualidade da educação superior no país e é a referência usada pelo MEC para definir quais instituições participam de programas do governo federal.

Os resultados foram calculados para 2.070 instituições, públicas e privadas, considerando os 24.145 cursos avaliados entre 2017 e 2019. Os resultados do IGC 2019 foram divulgados pelo Inep/MEC na sexta-feira, 23 de abril.

Segundo análises do Inep, do total de instituições que participaram desta edição, 87,1% (1.801) são privadas e 12,9% (269), públicas. A maioria (73,1%) é composta por faculdades, seguida dos centros universitários (15,6%) e das universidades (9,4%). Os institutos federais e centros federais de educação tecnológica, por sua vez, juntos, representam 1,9% das instituições de ensino com o índice atribuído nesta edição. A concentração na faixa 3 abarcou mais da metade das instituições avaliadas (63,77%).

 

Implicações

Para a implementação de ações do governo federal no âmbito das políticas públicas de educação, tais como o Universidade Aberta do Brasil (UAB), o Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor) e o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), o MEC utiliza o conceito do IGC como requisito, critério seletivo ou de distinção das instituições que participam destes programas. O IGC também é parâmetro para a distribuição de orçamento à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPCT) e serve como referencial nos processos de supervisão e regulação da educação superior, além de orientar a autoavaliação das instituições de ensino.

Para saber mais sobre o IGC e demais Indicadores de Qualidade da Educação Superior no Brasil, acesse a página do Inep, no portal do MEC.

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal