Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

19/05/2022 - 17:39 - Atualizado em 20/05/2022 - 12:14
Parceria amplia espaços de formação prática para estudantes do curso de Jornalismo da UFU
Coordenação do curso de Jornalismo, Diretoria de Comunicação Social, Fundação RTU e Unidade de Comunicação do HC-UFU se unem para estender possibilidade de prática profissional a alunos a partir do segundo período
Por: 
Fabiano Goulart

 

Com o objetivo de ampliar a vivência na dimensão prática dos estudantes do Curso de Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), aconteceu na manhã da quarta-feira, 18 de maio, no Bloco 1S do Campus Santa Mônica, a reunião que marcou o início da parceria institucional entre a Coordenação do Curso de Jornalismo, Diretoria de Comunicação Social (Dirco), Fundação Rádio e Televisão Educativa de Uberlândia (RTU) e Unidade de Comunicação Social do HC-UFU/Ebserh para a otimização do uso compartilhado dos ambientes da comunicação institucional da UFU como espaços formativos. 

Da esquerda para a direita: coordenadora do Projeto, Nicoli Tassis; coordenadora do curso de Jonalismo, Christiane Pitanga; diretora de Comunicação Social, Renata Neiva; e diretora da Fundação RTU, Gislaine Martins. (Foto: Milton Santos)

Espaços de formação

Os participantes da primeira turma do projeto – já selecionada – iniciam suas atividades a partir de 23 de maio, nas áreas de Divulgação Científica, Assessoria de Imprensa, Redes Sociais, Processos Administrativos, Produção e Apresentação em Rádio e TV e produção de conteúdo audiovisual, dentre outras áreas, editorias e setores da comunicação social na UFU.

O Projeto, que pode chegar a 40 vagas não remuneradas, contempla a participação de estudantes regularmente matriculados entre o segundo e sexto períodos do curso de Jornalismo da UFU, o que inclui a aprovação na disciplina Técnicas de Reportagem, Entrevista e Redação Jornalística, do segundo período.

De acordo com a coordenadora do curso de Jornalismo, Christiane Pitanga, a ideia da parceria existe desde a implantação do curso na UFU, em 2009, e que, entretanto, ainda não havia se concretizado. “Agora, depois de quatorze anos, com essa gestão da Dirco, a gente se aproximou com um diálogo importante para construir essa parceria de forma que, tanto o curso de Jornalismo, quanto a Dirco, a RTU e a comunicação do HC-UFU, pudessem ganhar nesse sentido. Então a ideia é que esses locais se tornem ambientes formativos, para os alunos do curso de Jornalismo”.

O curso de Jornalismo, ressalta a coordenadora, possui um programa de estágio acadêmico obrigatório que, em razão da grande demanda, não consegue atender a todos os estudantes que querem realizar atividades práticas durante a graduação. “É uma questão de capacidade restrita mesmo. Então, com essa parceria, todos os alunos, desde os semestres iniciais, que quiserem participar desse ambiente, como eu disse; de formação, terão essa oportunidade”, explica Pitanga.

 

Comunicação Social na UFU

Como unidade responsável pela comunicação oficial na UFU, além dos portais ufu.br e comunica.ufu.br – que se intercomunicam com os mais de 450 sites das unidades acadêmicas e administrativas da universidade –, e do site eventos.ufu.br, a Dirco possui perfil oficial nas redes/mídias Facebook, Twitter, Twitter Podcast, YouTube, LinkedIn, Instagram, Telegram, TikTok, Anchor, dentre outras, que oferecem oportunidades de atuação em diversas etapas do processo comunicacional. “Além de acompanharem a rotina de profissionais da área de comunicação, os estudantes vão ter vivência com toda a nossa dinâmica de atendimento à comunidade externa e interna, como atendimento à imprensa, geração de conteúdo para os portais e para as redes sociais e gravação de podcasts”, ressalta a diretora de Comunicação Social da UFU, Renata Neiva.

Outra vantagem, explica a diretora, é que “muitos dos estudantes que atuam na comunicação da UFU acabam sendo contratados pela Fundação RTU e passam a integrar as equipes de produção”. A proposta, revela Neiva, é expandir o Projeto para outros cursos da UFU. “Temos uma experiência muito rica com o estágio supervisionado, com troca de aprendizado entre nós e os estagiários do jornalismo e agora vão chegar os meninos do Projeto que queremos estender a outros cursos como design, letras e computação, dentre outros”, revela Neiva.  

Para a coordenadora do Projeto – e docente do curso de jornalismo –, Nicoli Tassis, além de acolher os estudantes desde o segundo período, o Projeto tem outra particularidade que é permitir convívio e colaboração dos estudantes com profissionais da área em um ambiente que, de fato, entende a presença dos estudantes como uma ação formativa. “Nos últimos anos a gente viu um crescimento muito grande do número de vagas de estágio, até com a própria pandemia, principalmente com a questão do trabalho remoto. Isso possibilitou que esses meninos e meninas estejam em redações pelo Brasil inteiro. A grande questão é que muitas vezes essas posições elas são posições precarizadas. Então elas não visam essa questão da formação como esse projeto dentro da universidade visa”, explica Tassis.

Bloco 1S, no Campus Santa Mônica, abriga Diretoria de Comunicação Social, Funcação RTU (rádio e TV), Centro de Educação a Distância, Editora da UFU e Gráfica da UFU. (Foto: Milton Santos)

 

Experiência de mercado

Com seus clientes externos à UFU, a Fundação Rádio e Televisão Educativa de Uberlândia (RTU), com a parceria, vai propiciar aos estudantes a prática de produção de conteúdo e experiências de relacionamento profissional além dos espaços interno da instituição. “Todos nós estamos muito felizes em poder participar dessa nova parceria, pela troca, porque a gente forma pessoas e aprende muito também, o tempo todo. Temos esse verdadeiro laboratório dentro da Fundação e agora a gente fortaleceu ainda mais essa parceria”, ressalta a diretora da RTU, Gislaine Martins.

 

Primeira turma

Presentes na reunião, os oito estudantes selecionados para a primeira turma do Projeto, depois de ouvir professores e profissionais sobre as possibilidades de atuação, compartilharam suas impressões e expectativas. Arthur Camargo De Vitto, do segundo período, disse que, embora esteja focado no jornalismo factual, avalia a possibilidade de atuar no jornalismo esportivo e na assessoria de comunicação. “Esse projeto é muito enriquecedor profissionalmente e vai, com certeza, abrir uma visão maior do que eu tenho do conceito de jornalismo e vai me propiciar várias experiências que eu gostaria de ter antes de começar verdadeiramente atuar na área”. Já para Gabriela Diniz Amado, que também cursa o segundo período, o que importa é a prática, o fazer. “Tenho expectativas não. Para mim é ir no fluxo que der. Vou começar fazendo rádio. Eu gosto muito de uma rádio que já traz um elemento novo que é a TV, mas só que eu quero a rádio mesmo, normal, para saber como é que funciona e ir ajuntando as coisas. Isso no esporte, no jornalismo ou em outro setor".

Gabriela Diniz Amado, do segundo período: 'Vou começar fazendo rádio', destacando a junção do rádio tradiocional com a transmissão de imagens em tempo real. (Foto: Milton Santos)

 

O envolvimento dos estudantes, ressalta a coordenadora Tassis, estende-se da sala de aula até atividades de extensão e pesquisa. “São alunos que realmente têm feito a diferença na nossa sala de aula e eu acredito, então, que essa experiência vai permitir uma formação ainda mais integral. Eu espero que a gente realmente consiga uma coisa que é o essencial do nosso projeto que é a formação de um perfil de egresso diferenciado, não apenas reproduza as práticas e técnicas do mercado, mas que seja capaz de pensar, refletir e fazer a diferença aonde quer que eles vão após esse período”, finaliza Tassis.

 

Arthur Camargo Deitto, do segundo período: 'Com certeza, abrir uma visão maior do que eu tenho do conceito de jornalismo e vai me propiciar várias experiências que eu gostaria de ter antes de começar verdadeiramente atuar na área'. (Foto: Milton Santos)

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal