Skip to:

FacebookTwitterFlickrYoutubeFeed RSS

  • Aumentar
  • Diminuir
  • Normal

Current Size: 100%

05/09/2022 - 10:35 - Atualizado em 09/09/2022 - 12:43
UFU lança foguete em competição internacional
Ankaa utilizou combustível composto por fertilizante e açúcar; resultado do Lasc ainda será divulgado
Por: 
Laura Justino

Foguete da UFU montado e pronto para lançamento. (Foto: Epta)

A Equipe de Propulsão e Tecnologia Aeroespacial (Epta), vinculada à Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia (Femec/UFU), lançou o foguete chamado Ankaa (nome da estrela mais brilhante da constelação Fênix) no Latin American Space Challenge (Lasc), um evento internacional que aconteceu entre 5 e 7 de agosto de 2022 e reuniu 68 equipes participantes de dez países diferentes.

Foguete Ankaa em preparo para o lançamento. (Foto: Epta)

O foguete da UFU foi construído, desde o final de fevereiro, com base em seis partes: a “estrutura” é o seu corpo; a “aerodinâmica”, composta pela coifa (nariz), aletas (similares às asas) e boattail (rabo), é responsável por estabilizar o voo, impedindo que ele sofra ações turbulentas do vento e, por fim, a “propulsão” que é formada pelo motor e combustível.

A Epta utilizou fertilizante e açúcar para fazer a mistura conhecida como KNSu. “Quando é iniciada a queima deste combustível por um ignitor, há uma grande liberação de calor e de produtos gasosos da combustão da mistura. A energia cinética, gerada pelo movimento destes gases, aumenta, produzindo um empuxo no qual a força é direcionada na vertical e para cima, gerada por uma tubeira, que fará o foguete se mover como um todo”, explica Rodrigo Zanqueta, estudante do curso de Engenharia Aeronáutica e integrante da equipe.

“Aviônica” é o sistema eletrônico do foguete, cuja função é adquirir dados do voo para ativar o paraquedas do “sistema de recuperação” que, por sua vez, tem a função de trazer o equipamento em segurança para o ponto de queda.

Podemos entender como “payload” a justificativa da missão. Geralmente, trata-se de um objetivo de lançamento e da análise que será feita durante o voo. No Twitter, o perfil da Epta publicou uma thread que traz detalhes sobre essa parte. A “payload” da equipe era conseguir uma boa colocação no Lasc com um foguete de apogeu (altura) de um quilômetro e motor sólido. O resultado do evento ainda será divulgado em breve.

 

Partes do foguete Ankaa. (Foto: Epta)

 

“A gente nunca tinha ido para uma competição presencial; então, já era um grande feito estarmos lá. O nosso lançamento foi perfeito; a única coisa que não aconteceu como esperado foi o ativamento do sistema de recuperação (paraquedas), mas ficamos impressionados e felizes”, comenta Marcos Vinícius Barros, aluno do curso de Engenharia Aeronáutica da UFU e membro da Epta.

Bruna Oliveira, estudante do curso de Engenharia de Computação da UFU e membro da Epta, teve o suporte do grupo para desenvolver suas habilidades em grupo: “A visão do foguete na base foi fantástica! Tenho certeza que esse momento ficará na memória de todos da equipe e fizemos história!”, celebra.

 

Bruna Oliveira (esquerda) e os demais mesmos da equipe soldaram alguns componentes embaixo dos trailers de comida, pois era o único lugar que havia tomada elétrica. (Foto: Epta)

 

Para a próxima competição, a equipe, sob a coordenação do professor Alexandre Zuquete Guarato, da Femec/UFU, está aprimorando o foguete para evitar imprevistos e vai oferecer capacitação aos novos integrantes: “Estamos com muitas ideias e com bastante força de vontade”, revela Barros.

Em novembro de 2021, a Epta desenvolveu um foguete experimental on-line e conquistou o 2º lugar em competição internacional. O público pode acompanhar o trabalho da equipe por meio do InstagramFacebook, LinkedIn e YouTube.

Epta é um projeto de extensão criado em 2016. (Foto: Epta)

 

Política de uso: A reprodução de textos, fotografias e outros conteúdos publicados pela Diretoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia (Dirco/UFU) é livre; porém, solicitamos que seja(m) citado(s) o(s) autor(es) e o Portal Comunica UFU.

Av. João Naves de Ávila, 2121 - Campus Santa Mônica - Uberlândia - MG - CEP 38400-902

+55 34 3239-4411 | +55 34 3218-2111

© 2022. Universidade Federal de Uberlândia. Desenvolvido por CTI, com tecnologia Drupal